CARTAS

Volta às aulas

O resultado da consulta pública realizada pela Prefeitura de Mogi com relação ao retorno às aulas nas escolas municipais mostrou claramente que ainda não é hora de submetermos nossas crianças aos riscos de aglomerações e de contaminação. Por mais que se fale em distanciamento social, seria quase impossível para as professoras manterem os alunos separados, conforme determinam as regras impostas pela saúde pública. Como impedir as brincadeiras, o corre-corre e os cumprimentos tão naturais entre crianças em idade pré-escolar ou com alguns anos a mais? Como conseguir que essas crianças se concentrem nas lições numa situação totalmente inversa à que elas estavam acostumadas a conviver, em tempos anteriores à pandemia? Queiram ou não, o ano escolar está irremediavelmente perdido. E o melhor é pensar em recuperar o tempo perdido, mas não mais neste ano. No próximo, certamente. Quando já tivermos a tão sonhada vacina.

Maricélia Gonçalves

maricelia.goncalves@hotmail.com


Deixe seu comentário