DECISÃO

Unidade de Mogi das Cruzes do INSS é reaberta nesta quinta-feira

QUEIXA Problemas de acessibilidade na agência do INSS são relatados por frequentadores da unidade. (Foto: Elton Ishikawa)

*Essa matéria está em atualização

A direção do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou que recorreu e garantiu reversão de uma decisão judicial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que suspendia a reabertura das agências localizadas em São Paulo. A mudança permitiu a volta gradual dos serviços prestados por 128 unidades do Estado, incluindo a de Mogi das Cruzes, localizada na rua Olegário Paiva, Centro Cívico. Porém, assim como no restante do Brasil, as perícias médicas seguem suspensas. Só serão atendidas pessoas que realizaram agendamento prévio.

De acordo com informações do órgão, esta é a primeira unidade do Alto Tietê a reabrir, após mais de cinco meses operando apenas de forma remota. Já as demais agências da região, em Suzano, Itaquaquecetuba, Biritiba Mirim, Guararema e Santa Isabel continuam de portas fechadas, sem previsão para retomarem o atendimento.

Para ser atendido, é preciso fazer o agendamento pelo site, aplicativo ou pelo telefone do INSS, no número 135. Quem não agendar, não vai ser atendido. O horário de atendimento é das 7h às 13h.

Em nota a direção do INSS informou que segue as recomendações de segurança, como aferição de temperatura e uso de máscara.

Reabertura

Ao todo, o INSS reabre nesta quinta-feira (17) 119 agências de atendimento no estado de São Paulo. Inicialmente prevista para segunda-feira (14), a reabertura foi suspensa por decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. O instituto conseguiu, no entanto, uma liminar autorizando a retomada das atividades.

O atendimento ao público será feito seguindo uma série de procedimentos para evitar a disseminação do novo coronavírus. O uso de máscaras, por exemplo, é obrigatório dentro das agências. Além disso, os atendimentos precisam ser agendados previamente e acontecem presencialmente das 7h às 13h.

O órgão informa que as agências passaram por uma série de adequações para retomada do atendimento presencial. Todos os servidores usam equipamentos de proteção individual e têm à disposição álcool em gel, máscaras e luvas. Também foram instaladas barreiras de acrílico nas mesas de atendimento, para evitar o contato entre os servidores e os segurados.

Serão priorizados os casos de avaliação social, cumprimento de exigência (apresentação de documentação), justificativa administrativa e reabilitação profissional.

Os serviços que ainda não estão disponíveis de forma presencial podem ser acessados pelos canais remotos: o Portal Meu INSS, o aplicativo para celular e o telefone 135.


Deixe seu comentário