ARTES CÊNICAS

Uma nova plataforma de teatro online

DE GRAÇA Destaque da programação é a montagem inédita ‘Kabaré Online’, que reúne fotografias, vídeos e manipulação de imagens a cenas gravadas à distância. (Foto: divulgação)
DE GRAÇA Destaque da programação é a montagem inédita ‘Kabaré Online’, que reúne fotografias, vídeos e manipulação de imagens a cenas gravadas à distância. (Foto: divulgação)

Além das inúmeras ‘lives’ de artistas mogianos ou não, o público da cidade conta agora com mais uma plataforma para entretenimento e consumo de arte durante o período pandêmico. Com 25 anos de história nas artes cênicas, a Cia. dos Atores acaba de lançar um canal para disponibilizar espetáculos na íntegra, com acesso livre e completamente gratuito.

A primeira peça, já disponível em youtube.com/ciadosatores é ‘Melodrama’, que estreou em 1995 no Rio de Janeiro e depois rodou o país. Trata-se de uma montagem composta por três tramas que se completam e se fundem num “surpreendente final”, que une “a passionalidade latina a uma visão contemporânea do estilo melodramático, com ênfase nos exageros típicos do gênero”.

Outras produções clássicas da trupe serão disponibilizadas na plataforma, que sediará, a cada lançamento, às sextas-feiras, um bate-papo com os integrantes da companhia e artistas que participaram da criação das obras. É o caso de ‘O Rei da Vela’ (2000), ‘Ensaio.Hamlet’ (2004) e ‘Devassa’ (2010).

O destaque, porém, fica com um projeto inédito, inspirado na obra do alemão Karl Valentin (1882 – 1948), comediante, artista de cabaré, autor e produtor de filmes. ‘Kabaré Online’ é uma criação coletiva de 25 jovens artistas residentes da Sede da Cias.

O grupo, formado por representantes do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Pará, teve apenas um encontro presencial no início de março. Quando o projeto deslancharia veio a quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus. A partir daí, todos os encontros foram online, e o resultado será lançado com exclusividade pelo canal em quatro episódios, sempre às segundas-feiras, já a partir da próxima.

“A ideia original era apresentar os trabalhos em dezembro, mas foi preciso mudar os planos. Foi tudo gravado, cada um filmou em sua própria casa, numa adaptação da realidade que estamos vivendo”, conta um dos diretores, Marcelo Olinto.

Mas o que é o ‘Kabaré Online’? Um “híbrido de linguagens que reúne fotografias, vídeos, manipulação de imagens, cenas literais e adaptadas da obra de Karl Valentin, compondo uma dramaturgia criada pelos próprios residentes”, explicam os criadores.

Cada episódio trará uma investigação documental, uma trama de palavras e imagens, sem perder o aspecto explosivo próprio de um cabaré. “É um caleidoscópio de cenas. Nós investigamos e nos apropriamos da obra de Karl Valentin. Eu e Olinto atuamos como provocadores, damos o material teórico e incitamos a prática para descobrirmos os interesses e peculiaridades de cada residente, o que deu origem a uma enorme diversidade de materiais”, explica Cesar Augusto.

“A ideia é entreter sem deixar de colocar o dedo na ferida. Estamos, por exemplo, fazendo comparações entre a Alemanha de 1930 e o Brasil da atualidade. Há uma similaridade assustadora entre a época da ascensão do nacional-socialismo alemão e os dias de hoje, com o crescimento da extrema direita no país e no mundo”, completa e finaliza Olinto.


Deixe seu comentário