INFORMAÇÃO

Uma mensagem contra as queimadas no País

Dom Pedro Stringhini  divulga posição da CNBB sobre o tema atualíssimo

O bispo diocesano de Mogi das Cruzes, dom Pedro Luiz Stringhini, divulgou, ontem, o texto de uma mensagem da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) acerca das queimadas que estão ocorrendo em todo o País. A nota informa que a CNBB acompanha “indignada” a devastação causada pelo fogo nos biomas Amazônia, Cerrado e Pantanal, e se une às manifestações de entidades católicas, feitas nos últimos dias, enaltecendo a todos que cuidam, com esmero, da Casa Comum, de modo especial os que bravamente combatem os focos de fogo e trabalham pela preservação da vida nas áreas afetadas. A nota diz que, “mesmo diante de tamanha destruição, o governo federal, paradoxalmente, insiste em dizer que o Brasil está de parabéns coma proteção de seu meio ambiente, numa atitude que se encontra em nítida contramão da consciência social e ambiental, na verdade beneficiando apenas grandes conglomerados econômicos que atuam na mineração e no agronegócio”. A mensagem da CNBB lembra que o Ministério Público indicou ao governo os pontos mais sensíveis para queimadas e chegou a propor ações judiciais, mas nada foi feito para evitar a tragédia ambiental. Mostra também os cortes orçamentários que levaram ao sucateamento de órgãos como Ibama e ICMBio, permitindo um aumento considerável de focos de incêndios nos principais biomas do País. “Em meio a toda essa devastação – cujas conseqüências chegam aos países vizinhos – também o bom senso é agredido tanto pelo negacionismo explícito e reincidente por parte de nossas lideranças governamentais, quanto pela acusação de que povos e grupos seriam os responsáveis por algumas das queimadas”, diz a mensagem, que diz mais: “Esta criminalização, feita perante o mundo, camufla, na fumaça das fake news, o esforço desses povos por sobrevivêncxia, além de trazer o caos da desinformação.” Por fim, a CNBB convoca a sociedade brasileira a se unir ainda mais em torno do Pacto pela Vida e pelo Brasil, reforçando a voz dos que desejam um País mais justo e solidário, empenhados na proteção da Casa Comum, partindo dos mais vulneráveis. “A efetiva superação dessa caótica situação só se dará por meio de forte fiscalização, investigação e responsabilização dos culpados, obrigação de reflorestamento, recuperação integral da natureza devastada e reorganização da estrutura econômica,” conclui.

Aprovação

O empresário da área de Saúde, Téo Cusatis, e o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) comemoraram, ontem, a aprovação pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo das despesas realizadas no exercício de 2016, com o contrato de gestão firmado entre a Prefeitura de Mogi e a Fundação do ABC. À época, eles eram secretário de Saúde e prefeito, respectivamente. Com quatro anos de atraso, o julgamento somente aconteceu nos últimos dias e a publicação foi feita na edição de ontem do Diário Oficial.

No Youtube

Problemas técnicos com a internet impediram que boa parte da live da Lira São José Operário não fosse ao ar no dia marcado para sua exibição. A apresentação foi toda gravada e aqueles que quiserem matar as saudades da boa música de banda poderão acessar o evento por meio da internet. O concerto da Lira pode ser acompanhado no endereço www.youtube.com/tvmogi, informa o presidente da corporação musical, professor Josemir Ferraz de Campos.

Proibidos

O presidente da Câmara, vereador Sadao Sakai (PL) expediu um ofício circular informando vereadores e servidores do Legislativo sobre a decisão judicial que determinou o afastamento e suspensão das funções do cargo dos parlamentares Mauro Araújo (MDB), Antonio Lino (PSD), Jean Lopes (PL), Diego Martins (MDB) e Carlos Evaristo (PSB), a qual também “proibiu os vereadores de manter contato com os relacionados no polo passivo da ação criminal e os proibiu de frequentar prédios públicos, no que se situa a própria Câmara, vedando, portanto, seu acesso ao órgão.”

Violência no parto

“Os impactos e múltiplas faces da violência obstétrica”, tema do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de um grupo de alunos de Jornalismo da UMC, está entre os cinco finalistas da Intercom Sudeste 2020, congresso de comunicação que reúne universidades dos estados de São Paulo, Rio, Minas e Espírito Santo. Pela segunda vez, o grupo formado pelos estudantes Ingrid Mariano, Daniela Souza, Melissa Roberto e o nosso Fábio Palodette, é finalista do evento. O tema é o mesmo, mas apresentado em formato para tevê, e mostra as agressões físicas e patológicas que atingem uma em cada quatro mulheres brasileiras na hora do parto, a denominada violência obstétrica.

Frase

O único modo de escapar da corrupção causada pelo sucesso é continuar trabalhando.

Albert Einstein (1879-1955), físico teórico alemão que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos pilares da Física moderna


Deixe seu comentário