Entrar
Perfil
SAÚDE

HC de Suzano vai ampliar cirurgias eletivas na região

A partir de agosto, o hospital passa a realizar cirurgias de vesículas, além de procedimentos de hérnias e varizes já estão ocorrendo na unidade desde o último dia 15

O Diário
23/07/2022 às 14:27.
Atualizado em 23/07/2022 às 18:55

Condemat, Estado e HC discutem ampliação de cirurgias eletivas na região (Divulgação/Condemat)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
SAÚDE

HC de Suzano vai ampliar cirurgias eletivas na região

A partir de agosto, o hospital passa a realizar cirurgias de vesículas, além de procedimentos de hérnias e varizes já estão ocorrendo na unidade desde o último dia 15

O Diário
23/07/2022 às 14:27.
Atualizado em 23/07/2022 às 18:55

Condemat, Estado e HC discutem ampliação de cirurgias eletivas na região (Divulgação/Condemat)

Representantes Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), da Diretoria Regional de Saúde (DRS-1) e do Hospital das Clínicas (HC) de Suzano, se reuniram nesta sexta-feira (22),  para avaliar o processo, assegurar que todas as vagas ofertadas sejam efetivamente utilizadas e ampliar os tipos de cirurgias identificadas como prioritárias para a região.

Durante a reunião virtual que aconteceu uma semana após início do Mutirão de Cirurgias, promovido pelo Governo do Estado, ficou definido que já a partir de 1 de agosto, o HC Suzano passará a realizar também cirurgias de vesícula, além dos procedimentos de hérnias e varizes, que começaram a ser feitos no último dia 15. A capacidade inicial do hospital, que é referência regional, é para 400 cirurgias/mês e os ajustes no fluxo são para que todas as vagas sejam preenchidas por pacientes do Alto Tietê.   

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, que representou o Conselho de Prefeitos do Condemat explicou que o “objetivo é ter o maior número de cirurgias sendo feitas no HC Suzano para liberar a longa fila de pacientes que aguardam por procedimentos em todos os nossos municípios”.

Ele disse que depois do pedido feito ao governador nesta semana, foi anunciada a inclusão das cirurgias de vesícula, que começam em agosto. “E vamos continuar trabalhando em conjunto com o Estado para que mais procedimentos sejam atendidos no HC Suzano e com maior agilidade", ressaltou”.

A reunião teve a participação de secretários municipais de Saúde e técnicos de todo o Alto Tietê, assim como do diretor técnico substituto da DRS-1, Glalco Cyriaco, das diretoras Neide Hasegawa e Sandra Regina Camillo; do diretor técnico do HC Suzano, Eduardo Santochi, e do diretor clínico Antônio Sakotani. Um grupo de trabalho com representantes das três partes envolvidas – municípios, Estado e Hospital das Clínicas – foi constituído para sanar os entraves verificados já neste início do Mutirão de Cirurgias e possibilitar o maior número de atendimentos para pacientes da região.

"Já foram identificadas algumas dificuldades que precisam ser sanadas rapidamente para a eficácia do Mutirão de Cirurgias, sendo uma das principais a necessidade de ajustes no fluxo de disponibilidade de vagas e absorção da demanda existente. Essa reunião de hoje foi importantíssima porque reuniu todas as partes envolvidas e compromissadas com resultado", avaliou Adriana Martins, coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Consórcio

O HC iniciou o atendimento ambulatorial pré-operatório no final de junho e, no último dia 15, realizou as primeiras cirurgias. São duas salas cirúrgicas disponíveis, com capacidade para 16 procedimentos/dia.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por