INFORMAÇÃO

PR poderá indicar o vice para Geraldo Alckmin?

AMADOS Painel exposto na parede externa de uma casa de rações para gatos e cães, instalada há pouco tempo, junto à Avenida Rodrigues Filho, no Mogilar. (Foto: Edson Martins)

Presidenciável e Costa Neto iniciaram conversas para uma possível aliança nas eleições

O empresário mineiro Josué Alencar, filho do falecido ex-vice-presidente da República José Alencar, do PR, está cotado para ser o vice do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB). Uma conversa entre o virtual candidato e o todo poderoso chefão do PR, Valdemar Costa Neto, teria ocorrido, dias atrás, em São Paulo, para tratar do assunto, segundo revelou o jornal O Globo, neste início de semana. A pedido de Alckmin, os dois teriam conversado longamente sobre uma possível aliança envolvendo partidos de centro em favor do candidato a presidente, com Josué figurando na chapa tucana. Seria uma nova versão da chamada política do café (São Paulo) com leite (Minas Gerais), que ficou famosa durante a República Velha, quando um acordo firmado entre as oligarquias da época estabelecia que políticos dos dois estados se alternassem no comando do País. Nesse caso, o paulista e o mineiro iriam figurar juntos numa mesma eleição. Dirigentes do PSDB acreditam que se o acordo vingar, partidos de centro, como PP e outros viriam a se aliar com o tucano. Todo mundo maravilhoso do tucanato paulista, no entanto, esbarra no poder de negociação de Valdemar Costa Neto, que ainda tem dúvidas sobre o desempenho de Alckmin na atual campanha. E teria dito a aliados, segundo o jornal, que não vê boas chances de vitória para o presidenciável, além do fato de estar sendo pressionado por alas internas do PR que cobram uma aliança com o PSL de Jair Bolsonaro. Alckmin, no entanto, tem garantido que estará no segundo turno contra um candidato do PT. Esta semana obteve a adesão do PSD, de Gilberto Kassab, a exemplo do que ocorreu com o PTB, de Roberto Jefferson. O ex-governador já tem encontro marcado com ACM Neto, presidente do DEM, numa investida que tem animado seus aliados de carteirinha. O acordo com o PR não depende de questões programáticas. Costa Neto joga para ficar ao lado do vitorioso. Basta a situação de Alckmin melhorar nas pesquisas e os entendimentos poderão voltar à mesa de negociações. É esperar para conferir.

Ação regional
A candidatura do presidente Alexandre Girolamo de Almeida a deputado estadual pelo PT de Mogi não foi adiante e há uma explicação para isso: ele teria sido convidado pelo vereador Rodrigo Valverde a realizar um trabalho de mobilização de novas lideranças para o partido em toda a Região do Alto Tietê. Nomes de peso do partido têm sido convocados para reuniões com integrantes da legenda em Mogi e cidades próximas. “O PT precisa criar musculatura para as próximas eleições municipais de 2020. Nosso trabalho tem como meta eleger quatro vereadores em Mogi”, promete Valverde.

Briga animal
A ex-vereadora Karina Pirillo (PSD) tem destinado duras farpas à atual vereadora Fernanda Moreno (PV), que, teoricamente, a sucedeu no trabalho em favor da causa animal na Câmara. Bastou que Moreno viajasse, em férias, para o Chile, para que Karina a bombardeasse com críticas pelo fato de ter deixado o País em meio à crise dos combustíveis. “O mínimo que essa senhora deveria fazer era estar no Brasil, cuidando dos animais que usou para se eleger”, disse a ex, que acabou ficando sem resposta.

Novos padres
Há dois mogianos entre os quatro novos sacerdotes que serão ordenados sábado, dia 23, às 9 horas, na Catedral de Santana, pelo bispo diocesano, dom Pedro Luiz Stringhini. Nasceram em Mogi os atuais presbíteros Leandro Fonseca Melo, 29 anos, e Rafael Rodrigues Xavier, 30, que irão se tornar padres juntamente com o pernambucano Leonardo Felix dos Santos, 37, e o paulistano Victor Almeida Moreira da Silva, 31, todos alunos do Seminário Diocesano de Mogi.

Cidadão
O secretário de Estado da Cultura, Romildo de Pinho Campello, irá receber, amanhã, às 20 horas, na Câmara Municipal de Mogi, o título de Cidadão Mogiano, que lhe foi outorgado por iniciativa dos vereadores Claudio Miyake (PSDB), Mauro de Assis Margarido (PSDB), Jean Lopes (PC do B) e Fernanda Moreno (PV). A homenagem se deve aos serviços já prestados por ele à Cidade neste e outros cargos públicos ocupados ao longo de sua carreira.

Cotidiano

AMADOS Painel exposto na parede externa de uma casa de rações para gatos
e cães, instalada há pouco tempo, junto à Avenida Rodrigues Filho, no Mogilar. (Foto: Edson Martins)

Frase
Se me virem dançando com uma mulher feia, é porque a campanha eleitoral já começou.
Juscelino Kubitscheck (1902-1976), ex-presidente da República do Brasil, entre 1956 e 1961


Deixe seu comentário