Um tenente da Polícia Militar, lotado no 31º Batalhão de Guarulhos, foi morto durante um assalto em Mogi das Cruzes, na noite desta segunda-feira (4). Ele foi deixado em Itaquaquecetuba. 

O 1º Tenestava há sete anos na Polícia Militar, deixa os pais, um filho pequeno e namorada. O velório será realizado às 13h30 desta quarta-feira (6), no Jardim Rincão, em Arujá. Já o sepultamento está marcado para às 17h30.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, o tenente Felipe Murakami Silva, de 29 anos, estava com a companheira, de 37 anos, no Pico do Urubu, quando foram abordados por três criminosos, que entraram no veículo da vítima. 

Eles foram conduzidos até o bairro Jardim Campo Limpo, em Itaquaquecetuba, onde houve uma luta corporal e o policial foi baleado na cabeça, segundo o boletim. 

A companheira dele levou um tiro na cabeça, mas o projétil não penetrou o crânio, segundo o registro, mas ainda assim ela conseguiu acionar a polícia. 

O 1º tenente, que era lotado no 31º Batalhão da PM em Guarulhos, chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba. 

O carro do tenente foi encontrado abandonado a cerca de 800 metros de onde ele estava. O caso foi registrado como roubo consumado que resultou em morte (latrocínio).