MENU
BUSCAR
SITUAÇÃO

Polícia Civil investiga confusão fora de balada em Arujá, diz SSP

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública, um homem estava atirando garrafas em seguranças do local

O DiárioPublicado em 02/10/2021 às 16:41Atualizado há 15 dias

Um homem, de 20 anos, se envolveu em uma briga com seguranças de uma casa noturna, na madrugada deste sábado (02), na Estrada de Santa Isabel, bairro Limoeiro, em Arujá. As informações são da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). A pasta não informou se alguém foi preso. 

De acordo com a SSP, policiais militares que atenderam a ocorrência contaram que compareceram ao local onde o homem estava atirando garrafas e pedras contra os seguranças, tendo, inclusive, ferido um deles.

Ainda de acordo com a SSP, ao ver os PMs, o rapaz tentou fugir, mas foi contido sendo necessário uso de teaser e moderado da força para contê-lo, pois estava alterado e agredindo os policiais.

O rapaz foi encaminhado ao Pronto Atendimento Médico  do Parque Rodrigo Barreto e o segurança foi socorrido ao Hospital Ipiranga.

O caso foi registrado como lesão corporal e resistência na Delegacia de Arujá, que investiga os fatos.

A Secretaria de Segurança de Arujá informou que está levantando todas as informações a respeito do caso e dará um posicionamento assim que obtiver mais detalhes sobre o ocorrido.

A balada

Em nota publicada nas redes sociais, a balada Hangar 1001 comentou o caso. Veja a nota na íntegra:

"Infelizmente atingimos a lotação máxima, não podendo entrar todos que aguardavam na fila do LADO DE FORA do hangar. 

Os mesmos foram comunicados que NÃO PODERIAM MAIS ENTRAR, mas infelizmente existem seres desumanos, vândalos, que não sabem se comportar e nem viver em sociedade. 

Causaram baderna e brigas desnecessárias, colocando em risco a vida de pessoas que lá estavam. 

Em respeito aos nossos clientes, amigos e funcionários, as devidas providências foram tomadas, imagens das câmeras já estão em posse da polícia. 

Pedimos desculpas, por este tipo de gente ter que conviver em uma sociedade que não cabe a eles. Educação e respeito ao próximo são valores que poucos possuem". 

ÚLTIMAS DE Polícia