Menos de dois meses após a Guarda Municipal de Mogi encontrar um "cemitério" no Botujuru, mais ossas humanas foram localizadas em Mogi das Cruzes. Moradores do bairro da Piedade, no distrito do Taboão – região industrial do município – localizaram covas rasas e esqueletos em uma olaria, segundo divulgado pela página 'Taboão em Foco'. A reportagem de O Diário solicitou informações oficiais para a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Guarda Municipal de Mogi. A Polícia Militar está no local e faz investigações. 

De acordo com informações da página Taboão em Foco, moradores também encontraram vestígios de cordas e roupas no endereço. Ao que tudo indica, trata-se de mais um cemitério clandestino em Mogi.

Após receber uma denúncia pelo 153, a Guarda Municipal de Mogi das Cruzes encontrou no dia 22 de novembro último um lugar que estava sendo feito de "cemitério" na rua Régis Plínio Batalha, no Botujuru. O matagal estava com alguns pontos de terra mexida e foi assim que sete corpos foram localizados. Parte dos corpos já foi identificada, porém as investigações do episódio ainda prosseguem. Leia mais.