Um homem que esfaqueou três pessoas foi imobilizado e capturado por policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), na rua Anita Bianco, no Jardim Ivete, em Mogi das Cruzes, por volta das 17h20 desta quinta-feira (19). Identidades não haviam sido reveladas até às 19 horas. O agressor deverá responder por tentativa de homicídio qualificado.

De acordo com informações preliminares, o homem feriu a ex-mulher, de 35 anos, nas costas, o ex-sogro, que tem 65 anos, na perna e na barriga, além do tio da ex-companheira, de 53 anos.

Ele fazia o ex-sogro de refém quando imobilizado, e não teria permitido que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), fizesse o resgate da vítima.

Equipes da Polícia Militar (PM) tentaram negociar a entrega, mas houve resistência do agressor. Ele foi alvejado com balas de borracha, em rápida ação do Gate.

A mulher teve ferimentos leves e foi encaminhada ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, no Mogilar, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes. Já o tio dela teria sido levado à Santa Casa de Misericórdia de Mogi. As condições de saúde do ex-sogro ainda serão avaliadas.

A ocorrência teria começado após uma briga entre o casal, que tem dois filhos. O homem, não aceitou o fim do relacionamento, danificou o veículo do ex-sogro e esfaqueou a companheira. Foram os vizinhos que chamaram a Polícia.

Fontes relataram que os dois brigavam com frequência e que o acusado era viciado em drogas. 

O agressor estaria sob efeito de entorpecentes no momento da ocorrência, o que ainda será confirmado pela Polícia.

Toda a ação foi acompanhada por dezenas de pessoas nas ruas.

De acordo com as informações oficiais da PM, o chamado foi às 15h13, "com informações de algumas pessoas foram esfaqueadas". O caso estava sendo registrado na Central de Flagrantes até às 19h20.