Entrar
Perfil
Tentativa de feminicídio

Homem é preso em Suzano por suspeita de atear fogo em companheira

A vítima relatou à Polícia que o companheiro jogou álcool no corpo dela, para depois colocar fogo; No sábado, uma mulher foi morta a tiros pelo namorado em Suzano.

O Diário
21/09/2022 às 10:29.
Atualizado em 21/09/2022 às 10:40

Na madrugada desta terça-feira (20), em Suzano, um homem foi preso por suspeita de atear fogo no corpo da companheira, em uma tentativa de feminicídio. A mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Santa Casa de Suzano.

Segundo o boletim de ocorrência, o casal teria discutido e o homem teria jogado álcool no corpo da mulher e, na sequência, ateado fogo. Já no hospital, a vítima fez o relato para a Polícia e contou que depois do ato, o homem fugiu. Feitas as diligências, os policiais encontram o homem na residência do casal.

Quando interrogado, o suspeito negou parte da ação e disse que jogou fogo no corpo da mulher após ela mesma jogar álcool em seu próprio corpo. De acordo com os registros, o homem estava em liberdade condicional após ter praticado o crime de furto. A vítima era procurada pela Justiça por crime de ofensa à integridade corporal ou a saúde e também por ameaça.

Feminicídio

No sábado (17), um caso de feminicídio foi registrado em Suzano. Um homem de 33 anos foi preso em flagrante por suspeita de matar a namorada de 28 anos a tiros. Inicialmente, ele teria dito à Polícia que a mulher teria sido atingida em um assalto na Estrada Velha (SP-31) e que os criminosos teriam levado o celular dela. Entretanto, policiais foram até a casa do suspeito, onde encontraram manchas de sangue na varanda, quarto e cozinha.

À Polícia, uma testemunha contou que ouviu um barulho muito forte vindo da casa do suspeito e foi até lá para ver se estava tudo bem. O homem, então, pediu para que o vizinho ajudasse a colocar a mulher no carro para que ela fosse levada para o pronto atendimento de Palmeiras. Ela, entretanto, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na residência do suspeito, foi localizada uma planta semelhante a maconha em um vaso, munições, dois celulares, carteira de trabalho, documentos diversos e cartão bancário da vítima.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por