Entrar
Perfil
DISCRIMNAÇÃO

Homem é detido em Suzano por racismo contra agente da CPTM

Vigilante pediu para o passageiro usar a máscara obrigatória nos transportes, mas ele se recusou e ainda proferiu palavras racistas contra o funcionário

O Diário
12/07/2022 às 10:21.
Atualizado em 12/07/2022 às 10:21

Um passageiro foi retirado de uma das composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitano (CPTM), detido em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia de Suzano por ofensas e palavras racistas contra um dos vigilantes da empresa.

O caso aconteceu nesta segunda-feira (11) e o registro da ocorrência foi feito no plantão do delegado Gabriel Budemberg Sandroni.  

Consta no BO que o agente da CPTM, segurança na linha férrea em cidade de Suzano, que usuário da condução estaria causando problemas porque o vigilante pediu para o passageiro usar a máscara, obrigada por lei nos transportes, mas ele se recusou e ainda proferiu palavras de racismo contra o funcionário, dizendo que o "vigilante neguinho é folgado”.

O sujeito, segundo BO, estaria alterado e teve que ser retirado para garantir a integridade física dele mesmo e dos demais passageiros. Ele foi algemado e posteriormente encaminhado a delegacia

Um dos passageiros acompanhou como testemunha do vigilante. Segundo relatos, o suspeito continuou insistindo com a ofensa racial mesmo no DP, quando o delegado ratificou a voz de prisão.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por