Desde o dia 22 de outubro, três registros de assaltos praticados contra frequentadores e turistas na Estrada Cruz do Século -  um acesso ao Pico do Urubu e ao Parque Municipal Chiquinho Veríssimo, além de antigas propriedades e sítios e às torres de transmissão, instaladas em um dos pontos mais altos da Serra do Itapeti - alertam para a insegurança dessa região.

O Diário mostrou nesta quarta-feira (11), três casos que sugerem o fim do clima de tranqüilidade, sempre desfrutado por turistas e esportistas que usam as trilhas serranas para caminhadas e esportes radicais, como os vôos de parapente.

O primeiro caso foi o de um grupo de turistas que ficou sem o carro, roubado por um bando formado por seis homens. Nesse caso, a Polícia Militar conseguiu recuperar o veículo, com placa de Arujá. Além disso, um tecnólogo foi abordado por dois homens, que levaram a moto que conduzia o visitante.

Nesta semana, na última terça-feira (dia 10), quatro jovens também foram roubados.

A maneira de atuação dos ladrões, segundo afirma o secretário municipal de Segurança Pública, Paulo Roberto Madureira Sales, indica que um mesmo grupo criminoso pode estar agindo na região.

Sales anuncia que determinou o reforço da fiscalização da Guarda Municipal que, aos finais de semana, já está atuando no local, para inibir as aglomerações. Esses casos, no entanto, estão ocorrendo também durante a semana, quando a frequência de pessoas, neste ponto turístico da cidade, é menor.

O secretário recomendou o imediato contato com a Guarda Municipal, pelo telefone 153, diante de fatos como esses. “Nós temos a possibilidade, por meio de câmeras e de outras estratégias de inteligência, iniciar as buscas e identificar essas pessoas. Mas, para isso, precisamos de uma rápida comunicação”, conta.

O secretário também afirmou que a série de três registros é algo atípico neste "cartão postal" que recebe, aos finais de semana, dezenas de pessoas.