Entrar
Perfil
ASSISTA AO VÍDEO

Furto em tabacaria no centro de Mogi foi registrado por câmeras de segurança

Semelhante aos crimes recentes desta região, o suspeito entrou pelo telhado, à noite, furtou itens e deixou o prejuízo de aproximadamente R$ 2,5 mil

O Diário
03/08/2022 às 15:11.
Atualizado em 04/08/2022 às 11:03
Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
ASSISTA AO VÍDEO

Furto em tabacaria no centro de Mogi foi registrado por câmeras de segurança

Semelhante aos crimes recentes desta região, o suspeito entrou pelo telhado, à noite, furtou itens e deixou o prejuízo de aproximadamente R$ 2,5 mil

O Diário
03/08/2022 às 15:11.
Atualizado em 04/08/2022 às 11:03

Mais um furto aconteceu na região central de Mogi das Cruzes e, desta vez, o crime em uma tabacaria foi registrado pelas câmeras de segurança. Assim como outras invasões que têm acontecido no centro, na noite da segunda-feira (1º), o criminoso utilizou o método de arrombar o telhado para invadir o estabelecimento. Neste caso, ele precisou invadir imóveis vizinhos para acessar o comércio. O prejuizo calculado foi de pelo menos R$ 2,5 mil, informou o proprietário, que fez um boletim de ocorrência online sobre o crime e decidiu divulgar as imagens na tentativa de favorecer o reconhecimento do ladrão.

Por meio das imagens das câmeras é possível observar o momento que o criminoso invade o comércio por volta das 4h24. Utilizando um isqueiro para iluminar o local, ele começa a procurar por itens de valor para furtar.

Após 20 minutos no interior da tabacaria, o suspeito levou um estoque de tabaco e outros produtos vendidos, além de um computador que estava no caixa, fugindo pelo mesmo local que arrombou para entrar.

Outra câmera de monitoramento, que fica do lado de fora do comércio, flagrou o criminoso indo embora pelo centro da cidade com os produtos furtados.

Além do prejuízo pelos itens subtraídos da loja, o comerciante, que preferiu manter sigilo de seu nome e endereço do espaço que mantém, ressaltou o alto custo que terá para reforçar a segurança para tentar inibir um próximo furto e reparar os estragos feitos no telhado.

“Já coloquei uma porta de ferro onde ele conseguiu acessar a lounge (tabacaria), arrumei o telhado e essa semana ainda vou colocar o alarme”, esclareceu o dono do comércio a O Diário, mostrando notas de pagamentos para aumentar a segurança do local, que juntos, já somam R$ 1 mil.

O empresário ainda relatou que cogitou não divulgar a ocorrência na imprensa temendo a própria segurança.

"Na verdade eu nem queria postar em nenhum lugar e nem que ficassem sabendo, tinha medo da reação do cara (suspeito) vendo isso, ele pode voltar e fazer alguma outra coisa pior. Mas, depois, eu mandei as imagens porque eu acho que as pessoas precisam saber o que está acontecendo com Mogi", explicou. 

Nas imagens, apesar de serem em preto e branco, em determinados momentos, o rosto do suspeito, que usava um boné, fica de frente para a câmera.

No começo desta semana, este jornal reportou outra ocorrência de furto em um estabelecimento da mesma região, confira a matéria "Loja de colchões no centro de Mogi é assaltada duas vezes e preocupa comerciante" na íntegra.

O que a Prefeitura de Mogi diz

Em nota a O Diário, a Secretaria Municipal de Segurança informou que a Guarda Municipal (GCM) faz parte do sistema de segurança pública do município e mantém o patrulhamento em todas as regiões, em um trabalho conjunto com a Polícia Militar.

“O trabalho também compreende o monitoramento com câmeras da Ciemp, além de grupamentos específicos, como a Ronda Escolar, Patrulha Rural, Patrulha Maria da Penha, Patrulha Ambiental, Rondas Ostensivas com Motos (ROMO) e Ronda Ostensiva Municipal (ROMU)”, esclareceu a pasta, destacando que “a região central é um dos locais prioritários deste trabalho em pontos como a praça Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, conhecido como Largo Primeiro de Setembro”.

Neste ano, ainda de acordo com a secretaria, a presença da Guarda Municipal foi reforçada na região, com uma viatura a mais dedicada ao patrulhamento preventivo na região no horário entre 18h e 20h, quando a movimentação de pessoas é maior. A Prefeitura também realizou um trabalho de melhoria na iluminação naquela área.

Questionados sobre o número de câmeras de segurança instaladas e em funcionamento na região central de Mogi, a pasta explicou que “por questões de estratégias operacionais de segurança pública, números de efetivo e equipamentos utilizados não são divulgados”.

A população pode colaborar com o trabalho de segurança pública por meio de denúncias pelo telefone 190 (Polícia Militar) e 153 (Guarda Municipal).

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por