Entrar
Perfil
FLAGRANTE

Furto em motel de Mogi termina com casal preso e carro incendiado

Após furtar e tentar vender objetos levados de motel do Jardim Aracy, policiais militares perseguiram casal que acabou preso; antes, porém, a dupla bateu em uma moto e uma mureta: o carro em que estavam pegou fogo.

O Diário
20/06/2022 às 11:12.
Atualizado em 20/06/2022 às 15:08

Após bater em uma mureta, carro que a dupla usou na fuga foi incendiado (Divulgação - Polícia Militar)

Um daqueles casos onde a rápida intervenção policial e o comunicado de um crime surtem efeito terminou, no final de semana, com um casal preso, suspeito de furtar um frigobar, televisão, travesseiros e bebidas de um motel localizado no Jardim Aracy, em Mogi das Cruzes. De acordo com  o boletim de ocorrência, uma mulher de 26 anos e um homem, de 25 anos, deram entrada no motel como clientes, na noite de sexta-feira (17), e, ao sairem, deixaram um prejuízo no valor de R$ 3,8 mil.

A história tem uma sequência peculiar: quando saíram, os dois - que fizeram o pagamento antecipado pelo quarto - disseram que voltariam ao motel porque o rapaz seria DJ e iria tocar em uma festa. Pediram para os funcionários não entrarem no quarto. Eles demoraram para retornar, o que gerou desconfiança por parte dos funcionários.

Segundo G1 de Mogi das Cruzes, os funcionários do motel desconfiaram do caso por volta das 12 horas porque a dupla ainda não tinha retornado, como avisaram. Quando entraram no quarto constataram a falta de objetivos como o frigobar, TV, bebidas e os travesseiros. Segundo o registro do estabelecimento, o prejuízo foi de cerca de R$ 3,8 mil.

Algum tempo mais tarde, a dupla colocou na internet o anúncio de venda de um frigobar visto por um funcionário. Isso levou à suspeita sobre o crime que teve como desdobramento uma perseguição policial, um acidente com uma motocicleta e, finalmente o carro incendiado após uma batida em uma mureta, segundo relato do boletim de ocorrência.

Ao ver um anúncio sobre um frigobar, representantes do motel entraram em contato com um policial civil, que fez um contato com os autores do anúncio, e marcou um encontro para a compra do produto, por volta das 17 horas.

No encontro, o policial questionou sobre a origem do frigobar e disse que sabia do furto no motel. Segundo o BO, nesse momento, o casal ligou o veículo para deixar o encontro, que já estava sendo acompanhado por uma viatura da Polícia Militar.

Confusão

Começava, ali, a perseguição pela rodovia Mogi-Guararema. Durante a fuga, o carro conduzido pelos suspeitos atingiu um motocilista, que foi resgatado e levado para o Hospital Luzia de Pinho Melo, segundo o registro, com ferimentos leves.

Já os suspeitos continuaram a fuga, mas atingiram uma mureta - em consequência, o carro pegou fogo e teve perda total.

As investigações continuaram e os policiais descobriram que a placa do carro era clonada. Após o reconhecimento, o casal foi detido.

A operação contou com o cruzamento de informações como o cartão usado para o pagamento da suíte do motel, e imagens do circuito do estabelecimento. 

Os itens levados foram encontrado na casa de um familiar dos suspeitos.

O caso foi registrado como furto qualificado e lesão corporal culposa na Central de Polícia Judiciária.

Os suspeitos foram encaminhados para a Cadeia Pública de Itaquaquecetuba.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por