Entrar
Perfil
BARULHO

Foguetes e rojões são apreendidos em Mogi em operação contra o barulho

Apesar de ser proibido por lei municipal o uso desses artefatos sonoros, a virada do ano teve som alto em vários pontos da cidade

O Diário
01/01/2022 às 08:59.
Atualizado em 01/01/2022 às 09:22

Guarda Municipal recolheu rojões e foguetes que seriam vendidos em Jundiapeba (Divulgação/PMMC)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
BARULHO

Foguetes e rojões são apreendidos em Mogi em operação contra o barulho

Apesar de ser proibido por lei municipal o uso desses artefatos sonoros, a virada do ano teve som alto em vários pontos da cidade

O Diário
01/01/2022 às 08:59.
Atualizado em 01/01/2022 às 09:22

Guarda Municipal recolheu rojões e foguetes que seriam vendidos em Jundiapeba (Divulgação/PMMC)

Uma operação deflagrada após denúncia e flagrante das câmeras de monitoramento nas proximidades na Praça Veteranos de Guerra, em Jundiapeba, retirou de circulação uma boa quantidade de foguetes e rojões na tarde de sexta-feira (31). O combate à poluição sonora ocorre porém, ainda assim, a cultura do barulho é preservada por muitas pessoas na virada do ano. Não foi diferente na recepção de 2022 em diversos bairros da cidade. Mas, houve o registro de "fogos" silenciosos.

A operação no final de 2021 conseguiu retirar de circulação 865 rojões grandes, 8.407 bombas e 268 foguetes que seriam comercializados na véspera do Ano Novo.

De acordo com a Prefeitura, equipes da Guarda Municipal foram mobilizada para atender a uma denúncia.

É de 2019, a legislação mogiana que prevê punição a quem promove esse tipo de poluição sonora, prejudicial ao ouvido humano e, sobretudo, dos animais. Campanhas de conscientização foram reforçadas nas últimas semanas.

Em seu artigo 58, a lei 7510, afirma que "fica proibida a utilização de fogos de artifício que causem poluição sonora como estouros e estampidos, no Município de Mogi das Cruzes".

A  proibição se estende a todas as áreas públicas no âmbito municipal, em recintos fechados e ambientes abertos.

E a  infração ao disposto neste artigo implicará em multa ao infrator de 15 UFM, valor que será duplicado na reincidência."(NR)"

O material apreendido estava nas proximidades do supermercado Veran, em Jundiapeba, onde há uma grande circulação de pessoas. Uma denúncia chamou atenção da Guarda Municipal, segundo a Prefeitura.

Com o recolhimento do material, duas pessoas notificadas, e os fogos ficarão em local isolado até a destinação final.

Participaram da fiscalização a Guarda Municipal, com as equipes da Patrulha Ambiental, ROMU e ROMO) e o Depto. de Fiscalização da Prefeitura.

Denúncias sobre essa irregularidade que ocorre em períodos de festas, e podem ser flagradas no decorrer do ano, podem ser feitas no telefone da Guarda Municipal: 153.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por