Entrar
Perfil
INSEGURANÇA

Escola municipal de Mogi é furtada duas vezes em uma semana

Pais pedem reforço na segurança: "Estão esperando vir roubar a terceira vez"?

Fábio Palodette
01/12/2022 às 14:37.
Atualizado em 01/12/2022 às 21:16

(Foto: reprodução / Google Maps)

Pais e responsáveis pedem reforço na segurança e maior efetivo de rondas escolares no entorno da Escola Municipal Dr. Isidoro Boucault, na Vila da Prata, em Mogi das Cruzes. A instituição de ensino foi furtada duas vezes apenas nesta semana, segundo confirmado pela Secretaria Municipal de Educação para O Diário. Na manhã desta quinta-feira (1), alunos foram prejudicados após ficarem sem água, relata a mãe de uma estudante.

Os pais foram informados por professoras que bandidos furtaram parte da fiação da escola no começo da semana. A situação voltou a se repetir e os criminosos levaram também uma bomba d'água. 

Segundo a Educação, boletins de ocorrência foram registrados.

De acordo com a Pasta, as equipes do Departamento de Alimentação Escolar e de Manutenção Escolar da Pasta" foram prontamente acionadas". Os profissionais da manutenção estiveram na unidade para regularizar os problemas nas partes elétrica e hidráulica, causados pelo ocorrido. "Apesar do problema no abastecimento de água, o atendimento aos alunos não foi prejudicado", contesta em nota encaminhada a O Diário

Mas, nem todos os pais estão satisfeitos. 

"Foram duas vezes em uma semana e viram que não aconteceu nada e podem querer voltar lá. Por enquanto, só mexeram na parte de fora, mas a segurança precisa ser reforçada antes que eles invadam de fato a instituição", aponta a mãe de uma aluna, Aline Altiva, que também tem dois sobrinhos matriculados na instituição. 

"Não vemos policiamento nenhum. Por causa disso que o crime acabou se repetindo. Os bandidos tiveram confiança de que nada aconteceria. Já roubaram duas vezes, vai esperar o que? Vir roubar a terceira?", questiona a moradora do bairro. 

Os crimes prejudicaram as aulas de parte dos alunos, que segundo Aline ficaram sem água nesta quinta-feira (1). 

A reportagem questionou a Prefeitura sobre possíveis medidas para garantir mais segurança na E.M. Dr. Isidoro Boucault.

Em reposta, a Educação informou que "as escolas municipais e os prédios são atendidos pela Ronda Escolar da Guarda Municipal e também contam com alarmes ligados à Ciemp, o que permite um atendimento imediato em casos de ocorrências".

"Reforçamos que a população pode colaborar por meio de denúncias pelo telefone 190 (Polícia Militar) e 153 (Guarda Municipal)", finaliza o texto.

Outros casos

Outras repartições públicas de Mogi essenciais para a população também foram alvo de ataque de criminosos no último mês, conforme noticiado por O Diário. No começo de novembro, a unidade do Programa Saúde da Família (PSF) Chácaras Guanabara teve atendimento suspenso por falta de energia elétrica. A unidade foi invadida e teve cabos de energia elétrica furtados

No mês anterior, um posto de saúde de Braz Cubas foi invadido em duas noites seguidas.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por