DADOS

Pandemia de Covid-19 eleva denúncias na Vigilância Sanitária

DADOS Equipe da Vigilância Sanitária Municipal fez 698 procedimentos de janeiro a junho. (Foto: divulgação)
DADOS Equipe da Vigilância Sanitária Municipal fez 698 procedimentos de janeiro a junho. (Foto: divulgação)

Em Mogi das Cruzes, o número de denúncias à Vigilância Sanitária Municipal dobrou no primeiro semestre em relação à média registrada no ano passado, impulsionado principalmente pela Covid-19. O balanço foi divulgado ontem, Dia Nacional da Vigilância Sanitária. A pandemia do novo coronavírus e as diferentes normas federais sobre os cuidados sanitários exigiram medidas rápidas por parte destes órgãos em todo o país e no mundo, comprovando a importância dos cuidados e da prevenção.

Em 2019, a Vigilância Sanitária Municipal realizou de 1.673 procedimentos entre inspeções de rotina e licenciamentos (51%), inspeções por denúncias (23%) e outros (26%) como coletas de alimentos e de água, análise de projetos e ações educativas.

Durante todo o ano, foram atendidas 382 denúncias – uma média de 32 por mês – sobre irregularidades diversas, como falta de higiene e produtos vencidos ou fora do padrão. Neste ano, a média mensal de denúncias subiu para 68 até o momento.

Entre janeiro e junho foram 698 procedimentos, dos quais 411 inspeções por denúncias, sendo 101 por inconformidades às normas impostas pelo novo coronavírus. Denúncias pelo telefone 162, no site da Ouvidoria ou no aplicativo.


Deixe seu comentário