Entrar
Perfil
CENTRO DE MOGI

Mercadão vai bem de segunda a sábado. No domingo, não mais

Até sábado, tudo vai bem, obrigado, no Mercado Municipal. A exceção ocorre, já há algum tempo, aos domingos, com o fechamento de boa parte dos boxes

O Diário
25/11/2022 às 15:56.
Atualizado em 25/11/2022 às 19:37

Boxes fechados aos domingos afetam a atração do público ao Mercado Municipal de Mogi (Mário Ferreira - Divulgação)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
CENTRO DE MOGI

Mercadão vai bem de segunda a sábado. No domingo, não mais

Até sábado, tudo vai bem, obrigado, no Mercado Municipal. A exceção ocorre, já há algum tempo, aos domingos, com o fechamento de boa parte dos boxes

O Diário
25/11/2022 às 15:56.
Atualizado em 25/11/2022 às 19:37

Boxes fechados aos domingos afetam a atração do público ao Mercado Municipal de Mogi (Mário Ferreira - Divulgação)

Polo de vendas e geração de empregos, o Mercado Municipal agrega insomáveis outros valores para Mogi das Cruzes. É um patrimônio arquitetônico e cultural com um capital social especialmente caro e rico para o centro e seu comércio.
 O Mercadão talvez seja o principal atrativo do perímetro central da cidade, ao lado de outros endereços de grande concentração e circulação de pessoas como as estações de trem e de ônibus e a área financeira ainda pulsante na “avenida dos bancos”. É esse conjunto de atividades comerciais e de prestação de serviços que sustenta a vida nesse eixo que já foi residencial, antes do crescimento urbano e da descentralização das moradias dos mogianos para as bordas de Mogi. Ainda residem muitas pessoas nesse miolo. Porém, a característica principal é comercial.
O Mercadão cumpre o papel de preservar aquilo que a modernização dos meios de consumo não conseguiu limar - a concentração de produtos e fornecedores específicos que fazem uma determinada massa de pastel, garantem um corte tal de carne ou peixe, ou fornecem um ingrediente que só ali é encontrado. Influi a atmosfera do lugar, a possibilidade de encontrar conhecidos. Nesse quesito, a concorrência dos supermercados ainda não foi vencida.
É marca de sucesso também pontuada pela experiência de se reunir uma ampla carteira de mercadorias em um só lugar. Ir ao mercado central de uma cidade é tradição universal e histórica. 
O nosso Mercadão tem recebido alguma atenção do governo municipal e mercadistas acompanham  mudanças nos hábitos de consumo - sem perder a originalidade de conhecer muitos dos clientes e fidelizar um tipo de parceria, no modo de consumo, que passa de pai para filho.
De segunda-feira a sábado, tudo isso vai bem, obrigado, mesmo diante de sustos e da vacância pontual entre os boxes notada nos piores períodos da economia, como agora há pouco, durante os tempos bravos da pandemia. A exceção, observada há tempos, mostra a cara aos domingos, quando muitos comerciantes não abrem mais as portas e pares mais resistentes sentem os efeitos desse esvaziamento nos próprios negócios.
Reportagem de O Diário abordou o tema que preocupa observadores atentos - o apagamento das atrações aos domingos está a exigir mais da Prefeitura e do corpo de mercadistas.
Os pontos que abrem lutam contra a maré. De outro lado, a abertura sem resultado financeiro é um argumento plausível.
Quais seriam os impactos de uma decisão de se fechar de vez neste dia? Essa decisão teria força para contaminar os demais dias nesse centro de compras que ajuda - e muito, a sustentar o poder de atratividade do comércio tradicional do entorno? Saídas, como uma agenda social, cultural e esportiva, alimentam ideias e conversas de quem teme por uma degradação ainda mais forte do centro, hoje às voltas com a desvalorização desse conjunto imobiliário, que até se moderniza aqui e ali, mas a passos lentos. 
Cuidar, planejar e induzir um melhor uso e ocupação do centro é garantir que o vazio gerado após o fim do expediente das lojas não acelere mais a insegurança e a degradação desta parte de Mogi. A gestão pública e sociedade demoram a reagir aos riscos dessa área ficar pior do que já está.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2023É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por