Entrar
Perfil
VOTO EM MOGI

Eleição tranquila, mas os "porcalhões" não aprendem

Mogianos foram às urnas em clima de tranquilidade e sem provocações; já uns poucos candidatos não se emendam e emporcalham a cidade

O Diário
03/10/2022 às 17:38.
Atualizado em 03/10/2022 às 17:38

O péssimo exemplo de desrespeito ao processo eleitoral foi repetido, felizmente em menor escala (Larissa Rodrigues)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
VOTO EM MOGI

Eleição tranquila, mas os "porcalhões" não aprendem

Mogianos foram às urnas em clima de tranquilidade e sem provocações; já uns poucos candidatos não se emendam e emporcalham a cidade

O Diário
03/10/2022 às 17:38.
Atualizado em 03/10/2022 às 17:38

O péssimo exemplo de desrespeito ao processo eleitoral foi repetido, felizmente em menor escala (Larissa Rodrigues)

Confirmado o segundo turno para presidente da República e governador do Estado de São Paulo, muito ainda se refletirá sobre o primeiro turno em Mogi das Cruzes, a segunda e efervescente campanha, os apoios a serem costurados e confirmados por lideranças regionais com concorrentes, prós e contras de um e de outro candidato aos palácios da Alvorada e dos Bandeirantes. 

O passado recente já permite conclusões. O dia da eleição, domingo (2), em si, confirma tendência notada em outros períodos eleitorais recentes na cidade, com o eleitor fazendo a sua parte sem cair na tentação ou na provocação de inflar ou acentuar ainda mais a divisão ideológica e o radicalismo que em nada contribuem para tornar o exercício da democracia - e a eleição e a campanha são um momento para valorizar e expor ideias, projetos e caminhos para melhorar a vida das pessoas, o que depende dos governos do Estado e do Brasil.

Durante todo o dia, os mogianos construíram um clima de tranquilidade, ordem e respeito à eleição que transcorria, mesmo com situações atípicas, como as filas que chegaram a durar mais de duas horas em alguns pontos. A cidade registrou poucas denúncias e apurações sobre irregularidades como a boca de urna e a concentração de partidários de um ou outro candidato em pontos de votação, por exemplo.

As pessoas que quiseram foram com camisetas e botons dos partidos defendidos por elas para as ruas e as seções eleitorais - como a lei permite.  

O amadurecimento de uma grande parte do eleitorado é algo digno de nota quando se olha para o passado não tão distante assim quando partidários de A ou B se moviam de maneira diferente.

O mesmo não se pode dizer de um outro antigo, prejudicial e desrespeitoso comportamento de candidatos que insistem em jogar os santinhos nos pontos de votação - ano a ano, essa prática indefensável tem reduzido. É fato notório, inclusive porque os meios de diálogo com o eleitor mudou, está mais virtual. Mas, no domingo, candidatos da propria cidade - e também paraquedistas aliados destes, ainda insistiram  no que denegrir a imagem dos políticos e candidatos como um todo.

Em um vídeo, no dia da eleição, o prefeito Caio Cunha (PODE) resumiu da seguinte forma: "uma porquice" e desperdício do dinheiro do fundo eleitoral.

Outro ponto notado em muitos dos endereços de votação foi a manutenção de equipes do serviço de Limpeza Pública, decisão acertada tomada pela Prefeitura de Mogi. Foi um ponto positivo promover a limpeza antes da chuva e dos ventos que costumam levar os santinhos para bueiros, córregos e rios.

Já os porcalhões e maus políticos deram um sinal inequívoco de quanto ultrapassados estão ao desrespeitarem o eleitor, o concorrente - que não tem o mesmo poderio financeiro para gastar milhões em gráficas - e a própria cidade e o meio ambiente. Felizmente, muitos candidatos já não se valem desse mesmo expediente. 

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por