Entrar
Perfil
ARTIGO

O poder e o interesse pessoal

O poder é bilateral, significa que uns dominam e outros são dominados. No Estado quem domina é uma minoria rica, intelectualizada e erudita

Olavo Arruda Câmara
02/06/2022 às 07:10.
Atualizado em 02/06/2022 às 07:23

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
ARTIGO

O poder e o interesse pessoal

O poder é bilateral, significa que uns dominam e outros são dominados. No Estado quem domina é uma minoria rica, intelectualizada e erudita

Olavo Arruda Câmara
02/06/2022 às 07:10.
Atualizado em 02/06/2022 às 07:23

Poder é a capacidade de se exigir mudanças no comportamento de terceiros. Quem tem capacidade para mudar comportamentos de terceiros, logo tem poder. É a capacidade impositiva, a competência de se exigir, de mandar e determinar. O Estado tem poder, pois cria e altera impostos, modifica leis e implanta decretos e determina que se racione combustível, água orienta para que se economize energia, tudo em determinados tempos, pois, caso contrário, haveria grandes dificuldades para a sociedade. E vai tomando atitudes e mudando comportamentos.

Todo ser humano almeja algum tipo de poder, vez que é da natureza humana a imposição de um ser sobre o outro.

Carregando...

É a base do Estado e das relações humanas. O poder tem características especiais, por exemplo: analisando a sociabilidade do poder, percebe-se que surge a vocação para o poder, desde as relações entre um casal de jovens namorados até nas relações das empresas multinacionais com os estados.

Um eremita que vive sozinho em uma gruta, não terá poder sobre ninguém, mas, se for dono de um cão, começará a surgir poder, pois pela superioridade do ser humano, este começará dar ordens ou comandos ao seu cachorro. Aí então, surgirão as relações de comando, de ordens e de poder.

O poder é também bilateral, significa que uns dominam e outros são dominados. No Estado quem domina é uma minoria rica, intelectualizada e erudita. Enquanto que os dominados são as categoriasdos mais pobres, analfabetos e ignorantes. Aliás, é bom destacar que esta é a base ou regra das relações do poder humano. Tendência a Corrupção: é outra característica do poder. O poder corrompe principalmente aqueles que permanecem durante muito tempo com o “poder nas mãos”.  Por isso, em termos políticos serásempre melhor mandatos de curta duração, pois, se quem estiver no poder não se corromper, a periferia do poder se corrompe, ou seja, os amigos, familiares e quem estiver próximo, tenderá a se corromper. Qual seria o melhor sistema? Eis o desafio. Há corrupção que ocorre dentro e fora dos países.

Entretanto, há países em que a corrupção ocorre de fora para dentro. Há políticos que precisam do poder para ganhar dinheiro e outros que precisam do dinheiro para se eleger e conquistar o poder.

Olavo Arruda Câmara é advogado, professor. mestre e doutor em Direito e Política.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conoscoConteúdo de marcaConteúdo de marca
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por