A queda de duas árvores na estrada do Pavan – vicinal que liga a rodovia Mogi-Dutra (SP-088) à via Perimetral, somada aos demais reflexos do temporal que atingiu Mogi das Cruzes no início da tarde desta quarta-feira (13), provocou congestionamentos severos na chegada à cidade.

Uma das árvores que caiu na estrada do Pavan, por volta das 15 horas, bloqueou a pista completamente. A vinicial foi liberada por volta das 17 horas, após passar mais de duas horas fechada. De acordo com a prefeitura, agentes municipais de trânsito foram deslocados para a região para orientar os motoristas. As equipes da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, com o apoio da concessionária EDP, trabalharam para a retirada das árvores.

Em reflexo, o trânsito ficou complicado na rodovia Mogi-Dutra (SP-088) no sentido Mogi das Cruzes, assim como nas proximidades do monumento O Bandeirante. O fluxo seguia carregado em alguns pontos até o final desta tarde.

Mais cedo, outra ocorrência contribuiu para complicar o trânsito na cidade: no período da manhã, um caminhão bateu em um poste na avenida Lothar Waldemar Hoehne, na região do Rodeio. Durante a tarde, a pista César - Ponte Grande, nesta região, teve a pista da direita interditada para que a EDP fizesse o serviço de manutenção. Durante este período, a circulação continuou sendo feita pela outra pista, segundo informado pela Prefeitura.

Desde a última semana, a cidade tem registrado pontos de alagamento, quedas de árvores e até deslizamentos de terra.

A Secretaria Municipal de Segurança informa que a forte chuva que atingiu Mogi das Cruzes no início da tarde desta quarta-feira (13) também ocasionou pontos de acúmulo momentâneo de água no distrito de César de Souza, no trecho inicial da rodovia Mogi-Dutra, na Via Perimetral e na região do bairro Nova Mogilar.

Em nota, a Defesa Civil de Mogi das Cruzes informa que permanece monitorando a cidade, dentro dos trabalhos da Operação Verão 2020/2021. O trabalho acontece  permanece monitorando a cidade, pela Defesa Civil e pelas câmeras da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), além da realização de trabalhos de atendimento a ocorrências, incluídos os serviços de manutenção urbana.