Mogi das Cruzes retoma a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (10) com drive-thru permanente no Pró-Hiper, de segunda a sábado, até o final do mês. O horário de atendimento será das 9h às 15h e o público assistido nesse momento serão idosos de 77 anos ou mais. 

“Estamos preparando a montagem do drive-thru permanente no Pró-Hiper, até o final de março, para facilidade de acesso a cada chegada de novas doses para a cidade”, informou o secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel. Nesta segunda (8) e terça-feira (9), os profissionais que atuarão no drive-thru estão sendo capacitados pela equipe técnica da Vigilância Epidemiológica Municipal. 

Também a partir de quarta-feira, a vacinação será realizada para o mesmo público-alvo em 11 unidades, das 8 às 16h30. São elas: Braz Cubas, Jardim Camila, Santa Tereza, Ponte Grande, Jundiapeba, Vila Natal, Vila Suíssa, Sabaúna, Santo Ângelo, Taiaçupeba e Biritiba Ussu. 

Nas duas estratégias, a Secretaria Municipal de Saúde promoverá a distribuição de senhas para atendimento conforme doses disponíveis.

“A quantidade é limitada pois ainda não recebemos o total de doses destinado para esse grupo”, explica a chefe da Vigilância Epidemiológica Municipal, Lilian Peres Mendes. Até o momento, Mogi das Cruzes recebeu 78% das doses necessárias para esse grupo.

Nas unidades do Programa Saúde da Família, a vacinação será destinada aos idosos cadastrados nas áreas de abrangência. 

Balanço

Mogi das Cruzes aplicou 6.381 doses da vacina contra a Covid-19 no último final de semana. Deste total, foram 1.867 primeiras doses e 4.514 segundas doses. O movimento superou as expectativas e, com isso, o município chegou ao total de 30.695 doses aplicadas entre o dia 20 de janeiro e 7 de março. 

No sábado (6), a imunização foi exclusiva para aplicação da segunda dose em duas frentes: os drive-trhu montados no Pró-Hiper e no Posto de Jundiapeba, destinados ao atendimento exclusivo de pessoas com 85 anos ou mais; e 10 unidades para vacinação dos trabalhadores da saúde.

“Foi tudo muito bem organizado e preparado para o atendimento. Estamos aliviados e felizes com a vacinação dos nossos idosos”, afirmou o agricultor Atsufumi Koike, morador no Conjunto Santo Ângelo, que levou o pai Isamu Koike, de 91 anos, e a mãe Chieko Koike, 94, para tomar a segunda dose no Pró-Hiper, do bairro do Mogilar. 

No domingo (7), com a chegada de novas doses e o sucesso da imunização no dia anterior, a Administração Municipal promoveu a abertura da aplicação em primeira dose para idosos com 77 anos ou mais.