Para interromper o aumento de infecções pelo novo coronavírus, o governo estadual planeja colocar todas as cidades de São Paulo em lockdown entre 22 horas e 5 horas. As informações são da reportagem de Renata Cafardo, do jornal O Estado de São Paulo.

LEIA TAMBÉM: Após denúncia, pacientes internados no Dr. Arnaldo devem receber vacina

A ideia foi lançada nesta terça-feira (23) em reunião com o Centro de Contigência da Covid-19, e a decisão deve ser tomada na quarta-feira (24), quando João Doria (PSDB) promete anunciar novas medidas de restrição.

Embora não tenham sido divulgados detalhes sobre a fiscalização, deve ser publicada uma "orientação" para que as pessoas respeitem o isolamento e fiquem em casa neste horário. Novas informações podem surgir amanhã (24). 

Ainda segundo o Estadão, por enquanto não há intenção de alterar o funcionamento das escolas públicas e particulares, que voltaram às aulas presenciais neste mês. 

Vale lembrar que apesar da pressão do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesop), o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, é um forte defensor do retorno presencial.