Em mais um desdobramento sobre o esgotamento das vacinas contra o coronavírus no Alto Tietê, a Secretaria de Saúde de Guararema anunciou nesta terça-feira (23), o adiamento da aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para profissionais da Saúde. Em nota, a Pasta afirma que a decisão ocorre "em razão da falta de doses repassadas pelo Governo do Estado". A região ainda não recebeu prazos sobre o envio de mais doses e cidades como Santa Isabel anunciaram nesta semana interrupção das campanhas.         

A previsão da Secretaria Municipal de Saúde de Guararema era de que parte dos profissionais da Saúde começasse a receber a segunda dose do imunizante a partir desta quarta-feira (24)

A administração destaca, porém, que "mesmo com o adiamento, o intervalo de até 28 dias entre as duas doses, estimado pelo Ministério da Saúde, está sendo respeitado, não prejudicando a eficácia do imunizante".

Por fim, a Prefeitura diz ser importante que os profissionais da Saúde (tanto da rede pública quanto da particular) e a população de Guararema fiquem atentos aos comunicados oficiais sobre o calendário de vacinação na cidade, divulgados nas redes sociais e no site da Prefeitura.

Questionada sobre o esperado envio de novas doses para o Alto Tietê, a Secretaria de Estado de Saúde disse em nota a O Diário que "as novas grades de vacinas contra Covid-19 estão em fase de planejamento pela equipe técnica para distribuição às 645 cidades de SP ainda nesta semana. A pasta seguirá divulgando as grades regionalizadas de vacinas, mantendo o compromisso com a transparência e com o êxito da campanha de imunização".

Outra cidade da região, Ferraz de Vasconcelos segue desde a semana passada sem imunizantes para continuar a aplicação da 1ª dose no município. Já Mogi das Cruzes informa que só tem doses para idosos com mais de 85 anos e segunda aplicação de profissionais da saúde.