MENU
BUSCAR
LUTO

Bispo d. Pedro Stringhini lamenta a morte de Miled

Ele expressou “sentidas condolências aos três filhos do Sr. Miled Andere, bem como aos seus treze netos e quinze bisnetos”

Darwin ValentePublicado em 16/01/2021 às 08:25Atualizado em 16/01/2021 às 09:59
Arquivo / O Diário
Arquivo / O Diário

O bispo diocesano de Mogi das Cruzes, dom Pedro Luiz Stringhini, divulgou nota de pesar pela morte de Miled Cury Andere. Falecido aos 100 anos de idade, o professor e expedicionário mogiano era participante ativo das atividades da Igreja Católica no município, em especial, da Festa do Divino Espírito Santo. Miled chegou a participar de um dos mais recentes debates promovidos por este jornal a respeito do evento, ao lado de festeiros, religiosos e outros convidados ligados ao evento.

LEIA TAMBÉM: "Viveu intensamente seu século", personalidades lamentam morte de Miled Andere

Ao expressar “sentidas condolências aos três filhos do Sr. Miled Andere, bem como aos seus treze netos e quinze bisnetos”, o bispo dom Pedro afirmou: “Oferecemos ao Senhor da Vida as nossas preces pelo descanso de sua alma e pelo conforto dos que agora choram sua partida. Em companhia de Nossa Senhora, seja Miled festivamente acolhido no céu. Divino Espírito Santo, dai-nos a fortaleza e a consolação que vem das palavras de Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida!”.

Eis a íntegra da nota do bispo, em nome da Diocese de Mogi das Cruzes

“A Diocese de Mogi das Cruzes recebeu com tristeza a notícia do falecimento do Sr. Miled Cury Andere, ocorrido na tarde desta sexta-feira.

Nascido no dia de Natal do ano de 1920, o Sr. Miled Cury Andere testemunhou boa parte dos mais importantes acontecimentos da História do Brasil e do mundo, no século XX, tendo, inclusive, participado ativamente da Segunda Guerra Mundial como voluntário (pracinha) da Força Expedicionária Brasileira que combateu na Itália.

Em Mogi das Cruzes o Sr. Miled foi estimado, amado e reconhecido por sua vida longa e exemplar. Homem de fé e de fibra, sorriso largo e cheio de ternura! Ardoroso devoto do Divino Espírito Santo, foi uma presença constante como voluntário da Festa do Divino de Mogi das Cruzes, desde a década de 50. Junto à sua esposa, a Sra. Maria José, foi Festeiro do Divino, em 1993. 

Sua ligação com essa Festa rendeu-lhe a justa homenagem do cartaz da Festa de 2016 em que figurava seu rosto junto ao sugestivo tema: "Derramai sobre as Famílias a Graça da Misericórdia".

A morte deste Patrono da Academia Mogicruzense de História de Artes e Letras (AMHAL) coroa um capítulo glorioso da rica história da nossa Cidade. Seu legado de pai de família, patriota e devoto nunca será esquecido, mas adornará, com a luz que lhe era tão própria, as páginas da nossa História.

Nesse momento de saudade, uma grande corrente de amizade e de oração se forma em torno dele e de sua família para agradecer a Deus tamanha dádiva de uma vida centenária, rogando a Deus que o acolha e o recompense. E que o Divino Espírito Santo ilumine os nossos corações para prosseguirmos nas sendas por ele percorridas que, de agora em diante, se transformam em metas de continuidade.

Em nome de toda a Diocese, desejo expressar sentidas condolências aos três filhos do Sr. Miled Andere, bem como aos seus treze netos e quinze bisnetos. Oferecemos ao Senhor da Vida as nossas preces pelo descanso de sua alma e pelo conforto dos que agora choram sua partida. Em companhia de Nossa Senhora, seja Miled festivamente acolhido no céu. Divino Espírito Santo, dai-nos a fortaleza e a consolação que vem das palavras de Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida! Obrigado, Miled! Descanse em paz!

Mogi das Cruzes, 15 de janeiro de 2021

Dom Pedro Luiz Stringhini

Bispo Diocesano de Mogi das Cruzes”

ÚLTIMAS DE Notícias