MENU
BUSCAR
COVID-19

Governo britânico está 'preocupado' com nova variante brasileira do coronavírus

Variante teria surgido no Amazonas, e São Paulo registra mais de 300 novas mortes em 24 horas

Agência EstadoPublicado em 13/01/2021 às 14:31Atualizado em 13/01/2021 às 15:09
Nova mutação do vírus é compatível com as amostras coletadas em turistas brasileiros infectados / Foto: Pixybay

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta quarta-feira, 13, que o governo britânico está "preocupado" com uma nova variante do coronavírus encontrada no Brasil. O premiê participou de uma audiência na Câmara dos Comuns sobre a pandemia de covid-19.

De acordo com informações do portal UOL, cientistas da Fundação Oswaldo Cruz Amazônia (Fiocruz Amazônia) identificaram uma nova variante do coronavírus no Amazonas.

A mutação do vírus é compatível com as amostras coletadas em turistas brasileiros infectados com a variante que desembarcaram no Japão no começo do mês.

Em São Paulo

O Estado de São Paulo registra nesta quarta-feira 1.577.119 casos confirmados de contaminação pela Covid-19 e 48.985 óbitos pela doença. Entre a terça-feira e esta quarta-feira, 13, foram registrados 15.275 novos casos, aumento de 1% em 24 horas, e 323 novas mortes, alta de 0,6%.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, que já deu aulas na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), o avanço da doença segue em ritmo similar ao registrado no último mês de agosto, durante o "pico da pandemia" no Estado.

Conforme informou, a média móvel dos últimos cinco dias está acima de 10 mil novos casos, 1.600 novas internações e 200 novas mortes por dia.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 66,3% no Estado e de 67,7% na região metropolitana da capital.

"Estamos atentos aos índices", reforçou o secretário que não descartou endurecer as medidas de distanciamento social para conter o avanço da doença.

ÚLTIMAS DE Mundo