URGENTE

Mogi das Cruzes registra primeiro caso positivo do novo coronavírus, que aguarda contraprova

JUSTIÇA Empresas que operam o transporte por aplicativo em Mogi contam com respaldo de liminar na Justiça. (Foto: arquivo)

A Comissão de Controle de Infecção de um hospital particular informou a Divisão de Vigilância Epidemiológica de Mogi das Cruzes, nesta tarde de quarta-feira (18/03), sobre a ocorrência de um caso positivo para o novo Coronavírus. A paciente é uma mulher, de 43 anos, notificada pelo serviço em 14/03, quando a mesma procurou o Pronto Atendimento da unidade particular.

Nesta mesma data, foi feita a coleta de material para exame, sendo que uma das amostras foi enviada para laboratório particular que confirmou o caso e a outra seguiu para a análise obrigatória no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. A Secretaria Municipal de Saúde está em contato com o Instituto Adolfo Lutz para informações sobre prazo de liberação da contraprova e demais informações pertinentes.

O hospital informou que, na tentativa de contato com a paciente, soube que ela estaria internada num hospital particular da Capital, devido à piora do quadro clínico. A Secretaria Municipal de Saúde obteve informações de que a paciente já saiu da UTI, mas ainda permanece internada.

Origem do caso

A paciente é esposa de um paciente que, de acordo com informações preliminares, está internado em UTI de hospital particular em São Paulo, com confirmação para Covid-19. A unidade hospitalar não efetuou, até o momento, a devida notificação para o município de Mogi das Cruzes. O histórico do prontuário da esposa informa que o marido teria contraído a doença pelo contato com a diretora da empresa onde trabalha, na Capital, que seria um caso positivo do Hospital Albert Einstein. A família residente em Mogi informou, ainda, que esteve em viagem para Orlando, com retorno em 8 de fevereiro, prazo que, de acordo com os protocolos técnicos, estaria fora do período para contaminação.


Deixe seu comentário