INFORMAÇÃO

Junji diz que futuro na política depende do filho

Ex-deputado promete cumprir o que Juliano decidir sobre o pleito

O ex-prefeito e ex-deputado mogiano, Junji Abe (MDB), que irá completar 80 anos em dezembro, surpreende ao dizer que se considera “carta fora do baralho da política”, e promete cumprir o que seu filho, Juliano Abe (MDB), decidir em relação às próximas eleições. Embora ainda seja dono de um inequívoco capital político-eleitoral na cidade, Junji procura, a todo custo, evitar confrontos com lideranças da política local, mas não esconde que gostaria de ver posições mais claras em relação à sucessão, de “figuras de proa”, como Marco Bertaiolli (PSD), Gondim Teixeira (PSL) e o próprio Valdemar Costa Neto (PL), que ainda não se manifestaram definitivamente em relação ao futuro pleito. As indefinições, determinadas especialmente pelo atraso na campanha causado pela pandemia do novo coronavírus, atingem até mesmo o seu filho e atual vice-prefeito. Juliano até agora ainda não recebeu a sinalização do virtual candidato à reeleição e atual prefeito Marcus Melo (PSDB), se continuará como vice na chapa a ser lançada na convenção dos tucanos. Em caso negativo, caberá ao próprio Juliano decidir se irá concorrer a uma vaga na Câmara, de onde saiu para ser o vice de Melo, ou se poderá fazer um acordo para, em caso de reeleição do atual prefeito, vir a ser um de seus secretários, possivelmente, o de Meio Ambiente, área à qual Juliano está profissionalmente ligado. Ou, ainda, aguardar mais um tempo para voltar a concorrer a uma vaga para deputado estadual, como nas eleições passadas. Para Junji, o filho ganhou muita experiência durante a sua passagem pela Câmara e Prefeitura. E, o principal: não estaria “obcecado” por algum cargo específico. Sinais de que pai e filho ainda aguardam os desdobramentos iniciais da atual campanha para futuras decisões. A princípio, Junji fala com simpatia da gestão do prefeito Marcus Melo (PSDB), que ele considera, mesmo com os problemas causados pela pandemia, como superior às dos demais municípios do Alto Tietê.

Novo leitos

O ministro interino Eduardo Pazuello, da Saúde, habilitou 20 novos leitos de UTI Adulto tipo II, para tratamento da Covid-19, elevando para 44 o total disponível no Hospital Municipal Prefeito Waldemar Costa Filho, em Mogi. A portaria nº 2.015, de 7 de agosto, foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União. Com isso, o valor mensal de custeio da diária Covid-19 saltou de R$ 960 mil para R$ 2,88 milhões. O valor é válido pelos próximos 90 dias.

Finalista

“Órfãos da Terra”, novela da mogiana Duca Rachid e Thelma Guedes, mostrada no Alto Tietê pela TV Diário, é finalista na categoria serial drama, no Seoul International Drama Awards. Conhecido simplesmente como SDA, o evento é uma cerimônia anual de premiação com sede em Seul , Coreia do Sul, que homenageia a excelência em produções de dramas para televisão em todo o mundo.

Covid-19

Do governador ao Ministério Público, passando pela Universidade e entidades, houve manifestações unânimes de pesar pelo falecimento do promotor de Justiça aposentado do Estado de Tocantins, José Kasuo Otsuka, 67 anos, ocorrida no último sábado, dia 8, vítima da Covid-19. Reconhecido como defensor dos direitos das mulheres e idosos, ele marcou época no novo Estado. Detalhe: o dr. Kasuo, como era conhecido, era natural de Ferraz de Vasconcelos, aqui no Alto Tietê.

Pesquisa

Uma nova e detalhada pesquisa eleitoral estaria sendo feita na cidade, durante o mais recente final de semana. O levantamento deve ser definitivo para as definições que ainda faltam na montagem da estratégia final de alguns grupos políticos que ainda continuam aparentemente indefinidos em relação ao próximo pleito. Dos resultados poderão sair alternativas pra a composição final do quadro sucessório na cidade. Vale esperar os resultados da consulta e seus desdobramentos.

Frase

Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos.

Nelson Rodrigues (1912-1980), escritor, jornalista, romancista, teatrólogo e cronista de costumes e do futebol brasileiro


Deixe seu comentário