CASO

Homem é detido por violência doméstica na Vila Jundiaí

DIÁRIO

O delegado Guilherme Cyrino, do Distrito Central, em Mogi das Cruzes, autuou em flagrante na madrugada de sexta-feira, o autônomo Wellington Fidelix de Moura, de 45 anos, por violência doméstica, resistência e desobediência. Ele foi acusado de chegar bêbado em casa, na rua São Francisco, na Vila Jundiaí, e agredir a socos a esposa dele, a técnica em enfermagem Elaine de Carvalho, de 43 anos.

Vizinhos ouviram os gritos e chamaram a Polícia Militar. Os cabos Marcelo Lima e Samuel de Jesus, do 17º BPM/M, constataram o crime. No momento em que eles pediram o documento de identidade para Wellington, ele desobedeceu e resistiu à prisão, porém foi dominado pela equipe da PM e apresentado na delegacia.

Já a técnica de enfermagem Elaine foi medicada no Posto de Saúde do Jardim Universo. Aos policiais, ela contou que ela e o marido estão casados há um ano, mas temendo pela sua vida decidiu representar pela prisão do agressor e pediu ainda nos autos do flagrante a concessão de medidas protetivas.

Diante das provas e para a garantia e execução das medidas protetivas, o delegado Guilherme Cyrino requisitou à Justiça que o auto de prisão preventiva se torne em prisão temporária, o que possibilitará a ida de Wellington para o Centro de Detenção Provisória, no bairro do Taboão.


Deixe seu comentário