CASO

Garçom morre afogado na represa de Taiaçupeba

DIÁRIO

O garçom Valter Ramos Ralindo, de 33 anos, casado e que residia em Poá se afogou na tarde de domingo, na represa de Taiaçupeba. Ele chegou a ser levado por colegas ao Hospital Luzia de Pinho Melo, onde recebeu cuidados médicos, mas sua morte foi confirmada após 20 minutos.

O delegado Daniel Miragaia, de plantão no Distrito Central, registrou a ocorrência como morte suspeita e mandou comunicar o Setor de Investigações.

O pai da vítima, o comerciante Valdemar Galindo, de 65 anos, não soube dizer a circunstância em que ocorreu o afogamento.

Drogas

Após perseguição a um ocupante de motocicleta no Jardim Margarida, na tarde de domingo, a Guarda Municipal apreendeu uma sacola com drogas e R$ 19,80 na rua Salvandira. O traficante escapou e não foi identificado. Os entorpecentes e o dinheiro foram apresentados pelos guardas Juliermes e Arthur no Distrito Central. Segundo a equipe relatou aos policiais civis na delegacia, a moto estava sem placa.

Prefeitura

Na manhã de segunda-feira, a professora Mércia Manrique procurou a Polícia Civil e formalizou queixa do furto, que foi cometido no domingo no Setor de Alimentos Escolares, da Prefeitura de Suzano, na Vila Adelina.

O ladrão arrombou as portas dos fundos da cozinha e a do banheiro dos funcionários provocando uma ‘grande desordem’, mas estranhamente ele nada furtou.


Deixe seu comentário