PRTB

Felipe Lintz foca no combate à corrupção

PROPOSTA Felipe Lintz defende "pesada auditoria" nas contas da Prefeitura, Semae e Iprem. (Foto: divulgação)

O combate à corrupção é considerado por Felipe Lintz (PRTB) como o grande diferencial no seu plano de governo para o município, alinhado ideologicamente à direita. Ele afirma que “é o único” candidato a prefeito de Mogi das Cruzes que defende abertamente uma “pesada auditoria” em todas as contas e contratos da Prefeitura, Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) e Instituto de Previdência Municipal (Iprem) para dar maior transparência à administração pública.

PROPOSTA Felipe Lintz defende “pesada auditoria” nas contas da Prefeitura, Semae e Iprem. (Foto: divulgação)

A intenção dele, se for eleito, é já começar a “cortar na própria carne”, com a redução de verba de gabinete do prefeito e otimização dos gastos Prefeitura. Para ajudar no combate à corrupção, ele promete “fortalecer a transparência para a população saber com quem e como está sendo gasto o dinheiro da cidade”.

Aos 25 anos, Felipe Lintz é o mais jovem entre os sete concorrentes a prefeito no primeiro turno das eleições, no próximo dia 15 de novembro. A estreia dele na política se deu nas redes sociais em 2016, e se fortaleceu ainda mais na época em que começou a militar em defesa do presidente da República, Jair Bolsonaro. É inspirado também no líder da sua legenda, o vice-presidente Hamilton Mourão, figura que ele pretende trazer a Mogi até o final da campanha.

Quando comecei a ser ativista, vi que estava no caminho certo. Passei a ter força nas redes sociais e nas ruas para cobrar o que é de direito do povo. E vem sendo muito gratificante ter o reconhecimento do mogiano por todo este trabalho de combate à corrupção”, declara o candidato, que não economiza críticas ao governo do seu adversário, Marcus Melo (PSDB).

Quanto a Bolsonaro, ele explica que é o presidente que ele ajudou a eleger, assim como milhões de brasileiros. “Ele plantou uma semente que deu frutos. E um desses frutos é a minha candidatura a prefeito de Mogi. Sou o mais jovem do pleito, com 25 anos e muito disposição para seguir no combate à corrupção”, discursa.

Apesar da pouca idade, o estudante de Direito garante que está “preparado” para administrar uma cidade do porte de Mogi das Cruzes, com cerca de 450 mil habitantes e quase R$ 2 bilhões de orçamento. “Digo isso pois vou me cercar de pessoas técnicas, alinhadas ideologicamente com nosso governo e acima de tudo honestas. Ficha limpa. Diferentemente de tudo que vimos nos últimos anos, no nosso governo, Mogi das Cruzes vai contar com pessoas dispostas a fazer uma efetiva mudança”, promete.

Inicialmente, a intenção de Lintz era ser candidato a vereador. Ele conta que procurou diversos partidos, mas recebeu ‘não’ de todos. “E pouco tempo depois, fui entender o motivo: sou contra todo este sistema que rouba e acaba com Mogi há décadas”, alfineta. Logo depois, recebeu o convite do pequeno PRTB para ser candidato a prefeito e assumir o desafio. “E hoje sou o único candidato a prefeito da cidade que abriu mão de dinheiro público para financiar campanha e sem nenhuma coligação com outros partidos, venho combatendo com o apoio do povo mogiano, uma corja que suja a cidade”.

Ele garante que “não compactua” e nem aceita conchavos e negociatas. “Tive inúmeras oportunidades de me vender, assim como muitos fazem. Mas escolhi o melhor caminho: andar de cabeça erguida, honrando com o compromisso de tirar Mogi das garras de corruptos”, discursa o candidato, defensor da renovação na política.

Os problemas previstos para os próximos anos por conta da pandemia do novo coronavírus, com previsão de queda na arrecadação, no emprego e renda, ele pretende enfrentar com inovação, investimentos em tecnologia, empreendedorismo, desenvolvimento, turismo, entre outros setores elencados no seu plano de governo.

Investimento em tecnologia será prioridade

Para enfrentar os desafios que vêm pela frente no pós-pandemia e manter Mogi das Cruzes na rota do desenvolvimento, o candidato a prefeito pelo PRTB, Felipe Lintz, disse que pretende transformar a cidade em “um verdadeiro polo digital”, investir em tecnologia, estimular o empreendedorismo e o emprego, além de fazer uma gestão enxuta para atender todas as áreas do município.

O plano dele é fortalecer parcerias com as universidades da cidade e estimular a troca de conhecimento com instituições de ensino de todo o mundo e o empreendedorismo, incentivando a criação de startups para crescerem em Mogi e terem total capacidade de melhorar emprego e renda na cidade.

Para lidarmos com a crise econômica e política gerada pela Covid-19 e gerar ainda mais recursos para as mais diversas áreas, vamos abrir a economia para que indústrias e empresas dos mais diversos segmentos possam ter a liberdade de investirem na cidade e trazerem renda e emprego. Para gerar mais caixa na Prefeitura em meio à queda de arrecadação por causa da pandemia vamos cortar na própria carne, ou seja, otimizar os gastos e realizar uma séria auditoria nas contas e contratos da Prefeitura, Iprem (Previdência) e Semae”, enfatiza.

Como candidato mais jovem, Lintz acredita que terá mais chance de fortalecer a participação desse público no mercado de trabalho, criando parcerias com empresas para fomentar cursos profissionalizantes e técnicos direcionados à juventude.

A área de mobilidade ele pretende melhorar exigindo que as atuais empresas de transporte cumpram seus contratos de prestação de serviço com a Prefeitura. Também quer fortalecer a fiscalização para cumprimento dos horários de cada linha de ônibus, verificar a manutenção dos veículos e exigir sempre a troca programada de cada um deles.

Questionado sobre o Projeto +Mogi Eco Tietê, ele se preocupa com o investimento. “Vejo com muita preocupação o tamanho do empréstimo de 69 milhões de dólares, a considerar a atual alta da moeda americana. Não vejo que era o momento ideal. Até porque temos ainda ruas de terra, esgoto a céu aberto é péssima qualidade da água em pleno século 21”, disse.

Na assistência social, Lintz promete fortalecer o trabalho direcionado aos usuários de drogas e pessoas em situação de rua. “Vamos buscar dar dignidade com emprego e estudo para que tenham autonomia e possam reconstruir suas próprias vidas”, promete.

Um problema antigo na cidade é a falta de política habitacional no município, que na opinião dele, só vai diminuir quando existir “coragem e vontade” de mudar. Para isso, explica que pretende buscar parcerias com empresas privadas, governo estadual e federal para construção de moradias populares.

O candidato observa ainda que as ocupações em áreas de proteção ambiental, que acontecem com frequência na cidade, terão atenção especial no seu governo, que pretende tratar desse tema com outros órgãos para tentar cuidar de todos e fazer o melhor. Da mesma forma, a proteção do meio ambiente será reforçada, segundo ele, também com parcerias público privadas “para colocarmos Mogi como rota turística para a prática, por exemplo, do ecoturismo”.

Ainda na questão ambiental, para resolver a destinação do lixo urbano, ele pretende buscar soluções ecológicas e inovadoras para Mogi, pesquisando as diversas tecnologias baratas e rentáveis para o município. “Como é o caso da transformação do lixo em blocos, tijolos e até telhas para a construção de moradias populares. Portanto, temos aqui a solução para dois problemas: déficit habitacional e ambiental”, reforça.

PERFIL

Nome: Felipe Augusto Tedeschi Lintz

Idade: 25 anos

Formação: estudante de Direito

Profissão: trabalho com marketing político digital desde 2016

Casado: Sim, com Julia

Filho: Sem filhos, mas com 2 cachorros e 2 gatos adotados.

PRINCIPAIS BANDEIRAS

Combate à corrupção

Empreendedorismo

Emprego

Segurança Pública

Saúde

REDES SOCIAIS

Número de seguidores: 1 milhão e 300 mil em todas as redes sociais

Perfil e faixa etária: 18 a 45 anos

Número de lives por semana: 10

Principais reivindicações dos seguidores: combate à corrupção, segurança pública e saúde

PESSOAL

Religião: evangélico

Hobby e lazer: academia, música eletrônica e literatura

Livro: A arte da guerra

Filme: O poço

Frase: “Mogi acima de tudo, Deus acima de todos”

Série mostra prefeituráveis aos leitores

Neste período de campanha eleitoral, O Diário apresenta uma série de reportagens para que os eleitores possam conhecer melhor os candidatos que se lançaram na disputa pelo cargo no primeiro turno das eleições municipais de 2020, que acontecerá no próximo dia 15 de novembro. O segundo turno, se ocorrer na cidade, será em 29 de novembro.

O objetivo desta nova série é mostrar as principais propostas, a trajetória política e um pouco mais do perfil de cada um deles a fim de que o eleitor tenha mais elementos para avaliar e fazer a escolha.

A edição deste domingo traz a segunda reportagem com o prefeiturável Felipe Lintz (PRTB), após a matéria feita com Caio Cunha (PODE), na semana passada. Os demais candidatos são: Fred Costa (PDT), Marcus Melo (PSDB), Michael Della Torre (PTC), Miguel Bombeiro (PROS) e Rodrigo Valverde (PT).


Deixe seu comentário