ARTIGO

Estamos Retomando em “V”

Cláudio Costa

Nos últimos dias temos observado uma série de fatores que demonstram que a indústria está retomando um ritmo de crescimento pouco acima da pré-pandemia.

Falta de matéria-prima, alguns produtos com aumento de preço significativo e superavit na balança comercial estão entres os fatores determinantes que dão conta que a procura está bem acima da oferta.

Nenhuma novidade neste sentido e era possível imaginar que isto poderia ocorrer, muito em função de uma demanda reprimida durante a pandemia e uma grande desvalorização do real frente ao dólar. O que ninguém esperava é que esta retomada seria rápida e consistente até porque o governo continua patinando na agenda de reformas, tão importante para atração de investimentos em nosso país.

Este mesmo cenário é possível ser visto em nossa cidade, significando uma retomada rápida e consistente na economia local. Algumas empresas que atuam fortemente no agronegócio, papel e celulose e construção civil começam a arregaçar as mangas e revisar seus programas de produção buscando recuperar as perdas durante a pandemia. Novas contratações e a procura por mão de obra qualificada, com bons salários, já começam a preocupar porque será necessário atender toda a demanda.

É sabido que um grande número de profissionais que saíram da indústria entraram na era do empreendedorismo e, talvez agora, seja uma grande oportunidade de se requalificar e novamente vir atuar no segmento industrial.

Se tudo caminhar bem deveremos ter um final do ano muito bom para o comércio local pois com a melhora do nível de emprego e o recebimento dos salários, naturalmente o aumento do consumo será inevitável, gerando assim significativos impulsos para o segmento de serviços e comércio de maneira geral.

Este é o Brasil famoso por ser o “Gigante pela própria Natureza”.

Cláudio Costa é diretor de Desenvolvimento Econômico e Social da Prefeitura de Mogi das Cruzes


Deixe seu comentário