MENU
BUSCAR
CONTRA O PERU

Tite aprova criatividade do Brasil

Em entrevista após a vitória de 2 a 0 sobre o Peru, Tite falou sobre o desempenho da dupla Gabigol e Neymar

Agência EstadoPublicado em 10/09/2021 às 15:41Atualizado há 18 dias
Tite comentou sobre o desempenho de jogadores da Seleção / Divulgação
Tite comentou sobre o desempenho de jogadores da Seleção / Divulgação

O desempenho da seleção brasileira na vitória por 2 a 0 sobre o Peru na Arena Pernambuco agradou Tite. O treinador ficou especialmente satisfeito com a melhora no processo criativo, um problema que ele já havia admitido que o incomodava. O treinador afirmou na entrevista coletiva após a partida que a ideia é que a equipe tenha no ataque a mesma solidez que apresenta na defesa

O técnico entende que o time está em evolução e ficou contente com as opções que ganhou a partir dos desfalques, quase todos eles em razão do veto dos clubes ingleses. Essa proibição de atletas que atuam na Inglaterra de servir a seleção brasileira acabou sendo boa para atletas como Gerson, por exemplo, que aproveitou a oportunidade e fez um bom jogo diante dos peruanos

"Estamos num processo de construção. De oportunidade de atletas jovens, de formação de sistema diferente, de usar atacantes que atacam o espaço, outros que são mais construtores. Encontrando essas opções mais criativas, principalmente do meio para frente, é ajustar esse processo todo e mantendo essa solidez defensiva para que a equipe possa evoluir", avaliou o técnico, ao discorrer sobre os ajustes que precisa fazer para que a seleção chegue à Copa do Catar em sua plenitude.

Também presente na coletiva, o auxiliar Cléber Xavier endossou a opinião de Tite e elogiou a qualidade do gramado, fundamental, segundo ele, para a performance no Recife.

"Nos agradou muito. A equipe com dois externos criadores, Paquetá pela esquerda e Everton pela direita. Jogando juntos pela primeira vez esses atletas conseguiram ter um grande desempenho. Tivemos tempo para ajustar as peças e o campo foi fundamental para esse tipo de jogo. Saímos daqui felizes com as oportunidades dadas aos atletas e ao por mais essa ideia. Como o Tite disse, é um processo que a gente vem trabalhando para buscar principalmente na questão criativa um equilíbrio maior", ressaltou.

Na entrevista, Tite também falou sobre o desempenho da dupla Gabigol e Neymar. O camisa 10 marcou o gol que selou o triunfo no Recife e se tornou o maior artilheiro do Brasil em Eliminatórias, ultrapassando Romário e Zico.

"Neymar jogou do mesmo jeito que jogou contra o Chile, ia jogar contra a Argentina... Temos privilegiado ele que é um jogador diferente. Processo criativo. Não vou ficar tolhendo. Tem liberdade. Inclusive com Gabriel Barbosa fazendo compactação. Gabriel fez um grande jogo então tem essa combinação e ele (Neymar) joga do mesmo jeito."

ÚLTIMAS DE Esportes