O atleta Enzo Moretti, de 13 anos, que integra a equipe pré-competitiva de tênis do Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC), começa 2021 com agenda repleta de jogos. Enzo vai disputar, entre outros, o Campeonato Brasileiro, no Paraná. 

O tenista embarca nesta semana para a disputa de duas etapas do Circuito Sul Brasileiro: em Londrina, de 6 a 10 de janeiro, e em Maringá, de 11 a 14 de janeiro. Depois, Enzo retorna a São Paulo para mais três etapas do Circuito Paulista. E para fechar o mês, disputará a Copa São Paulo de Tênis - Troféu Marília Silberberg, em São Paulo, de 25 a 31 de janeiro. 

"O Enzo é um menino disciplinado, que gosta do que faz e isso é muito importante. Ano após ano ele vem se desenvolvendo e agora participará de torneios brasileiros que são diferentes dos torneios paulistas. São desafios novos, como, por exemplo, viagens, ficar no clube o dia todo, treinar e jogar com pessoas diferentes. Isso vai trazer mais experiência para ele como pessoa e como jogador. Tenho certeza de que ele irá para esses torneios bem preparado e vai competir com chance de ter bons resultados", elogiou Fabrizio Tambelli, técnico e responsável pela equipe pré-competitiva do CCMC. 

"Estou muito feliz com meus resultados, mas, mesmo sabendo ser muito difícil, sonho um dia me tornar um tenista profissional e para realizar esse sonho sei que vou ter que me dedicar muito", disse Enzo Moretti. 

Dedicação, aliás, que rendeu troféu no 1° Torneio UTR (Universal Tennis Ratings) Tênis Mais, realizado dias 19 e 20 de dezembro, no CT Tennis, em Mogi das Cruzes. Enzo participou com a equipe competitiva do CCMC, que teve os tenistas Álvaro Nahum, Christian Mansur, Bruno Borghetti, Eduardo Gama, Gustavo Nahum e Pedro Franco representando o clube. Enzo foi campeão na categoria Ouro.  

"Maior e melhor sentimento de uma mãe é ter orgulho e admiração. Ser atleta exige muita dedicação, comprometimento e respeito. Assim vejo o Enzo, por isso estaremos ao lado em tudo que precisar", comenta Shizue Redondo, mãe do tenista. 

"Quando outros pais e amigos me perguntam sobre ele, se será profissional e quais os planos para o futuro, respondo que o projeto já deu certo, pois se tornou um atleta focado, disciplinado, educado e extremamente humilde, ou seja, o que vier a mais no futuro é lucro", conta Ricardo Moretti, pai de Enzo.