Preocupado com as recentes atuações do Corinthians, o técnico Vagner Mancini resolveu inovar nos treinos. Nesta terça-feira, ele apresentou novidades na atividade em campo, no CT Dr. Joaquim Grava. A baixa do dia foi o lateral-direito Fagner, que fez trabalho de prevenção e recuperação na parte interna do CT.

No campo 1, Mancini orientou uma atividade de dois contra dois em espaço reduzido. No campo 2, o treino foi técnico. Enquanto ele comandava uma linha de defesa em uma das metades do gramado, o auxiliar Anderson Batatais dirigia uma movimentação de finalizações na outra metade.

Reunindo os dois grupos, o técnico comandou um treino de saída de bola sob pressão. O elenco corintiano também treinará no período da tarde. O foco será trabalhos de força e potência. Depois, o grupo volta a treinar na tarde de quarta-feira.

Ainda sem saber quando voltará a jogar, o Corinthians vem de jogos em que atuou abaixo do esperado, principalmente no duelo válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Na sexta-feira, apenas empatou por 1 a 1 com o modesto Retrô. E precisou das cobranças de pênalti para se classificar. O fraco desempenho gerou críticas e pressão sobre o trabalho de Mancini.

Como o Paulistão segue paralisado, em razão das restrições impostas pelo governo do Estado de São Paulo, o Corinthians segue com a agenda vazia. Em tese, seu próximo jogo seria no dia 11, o clássico com o São Paulo, pelo Estadual. Mas, pela programação do governo, a previsão de reabertura é de começar no dia 12.