A Taça da Favelas Free Fire entra na reta decisiva. Começa nesta sexta-feira, dia 13, a seletiva nacional do torneio, organizado pela Garena e pela Central Única das Favelas (CUFA), com o apoio da Globo.

As 27 favelas campeãs das seletivas estaduais e as outras nove que mais pontuaram nesta etapa serão divididas em três grupos de 12 equipes. As quatro que mais pontuarem em seis quedas avançam para a final nacional. As partidas serão transmitidas pelo YouTube e pela BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, a partir das 14h na sexta-feira, dia 13, e no sábado, dia 14, e a partir das 15h no domingo, dia 15.

"A história está feita. O próximo final de semana vem pra sacramentar que a favela abraçou os eSports. Fizemos um gol pra toda vida! Que venha a grande final e que a Taça Free Fire, assim como outros projetos da CUFA, se consolide como um grande fator de transformação social, que é sempre o nosso objetivo", comemorou Marcus Vinícius Athayde, diretor de inovações da CUFA e diretor geral do projeto.

 

"A favela é uma grande potência em diversos aspectos e está revelando uma faceta que eu mesmo não conhecia", disse Celso Athayde, fundador da CUFA. "Os jovens estão muito animados com a competição no Free Fire. E isso é só o começo. Na Taça das Favelas de futebol, já revelamos diversos nomes que assumiram protagonismo na área, bem como, em eventos de moda, ligados ao teatro e outros esportes. Não tenho dúvida que essa tradição se repetirá no eSports".

 

"Apoiamos iniciativas que abrem caminhos para novos talentos e a Taça das Favelas Free Fire é mais uma delas. Uma competição que comprova que tem game na favela e que os craques, assim como já acontece na edição de futebol do torneio, em breve despontarão nos grandes times de eSports do país", diz Leandro Valentim, Head de Games e eSports da Globo.

 

As 12 melhores equipes das Seletivas Nacionais se classificam para a final, que acontece no dia 5 de dezembro, com transmissão ao vivo no SporTV3 e no YouTube e na BOOYAH!. As finais terão cobertura do Esporte da Globo nos programas 'Globo Esporte' e 'Tá Na Área' e no GE. A premiação total será de R$ 30 mil, com R$ 15 mil para o campeão, R$ 10 mil para o segundo colocado e R$ 5 mil para o terceiro. 

 

Mais informações sobre resultados, acompanhe as redes oficiais da Taça das Favelas Free Fire, da CUFA e da Free Fire eSports.

 

Campeões estaduais:

 

Acre - Vitória

Alagoas – Jaqueira

Amapá – a definir*

Amazonas - Cidade Nova

Bahia - Boca da Várzea

Ceará - Juacity

Distrito Federal - Céu Azul

Espírito Santo - Airton Senna

Goiás - Serpro

Maranhão - Tapuitapera

Mato Grosso - Jardim Florianopólis

Mato Grosso do Sul - Nhanha

Minas Gerais - Sumaré

Pará - Marambaia

Paraíba - Bayeux

Paraná - Guaraítuba

Pernambuco - Jardim São Paulo

Piauí - São João e entorno

Rio de Janeiro - Parque Ipanema

Rio Grande do Norte - Alto do Rodrigues

Rio Grande do Sul - Santa Rita

Rondônia - Baixada

Roraima - Caraña

Santa Catarina - Pontal

São Paulo - Complexo Jardim Elba

Sergipe - Cocal

Tocantins - Taquari

 

*O Amapá ainda não definiu a sua campeã, por conta dos problemas de energia elétrica enfrentados pelo estado.