Entrar
Perfil
Futebol

Seleção feminina bate Canadá nos acréscimos em último amistoso de 2022

Após revés no primeiro amistoso semana passada, as brasileiras devolveram o placar de 2 a 1 às canadenses. O jogo foi preparatório para a Copa do Mundo do ano que vem.

Agência Brasil
16/11/2022 às 07:40.
Atualizado em 16/11/2022 às 07:40

A atacante Bia Zaneratto abriu o placar na vitória do Brasil por 2 a 1, na Neo Química Arena, com um chute cruzado de esquerda (Thais Magalhães - CBF)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
Futebol

Seleção feminina bate Canadá nos acréscimos em último amistoso de 2022

Após revés no primeiro amistoso semana passada, as brasileiras devolveram o placar de 2 a 1 às canadenses. O jogo foi preparatório para a Copa do Mundo do ano que vem.

Agência Brasil
16/11/2022 às 07:40.
Atualizado em 16/11/2022 às 07:40

A atacante Bia Zaneratto abriu o placar na vitória do Brasil por 2 a 1, na Neo Química Arena, com um chute cruzado de esquerda (Thais Magalhães - CBF)

A seleção brasileira feminina de futebol devolveu ao Canadá o placar de 2 a 1 ao vencer nesta segunda-feira (15) o segundo amistoso contra o país, que serve de preparação para a Copa do Mundo Feminina no ano que vem. Na última sexta (11), as brasileiras sofreram revés para a equipe canadense na Vila Belmiro, estádio do Santos.

A atacante Bia Zaneratto abriu o placar na Neo Química Arena (Corinthians) no fim do primeiro tempo. Na volta do intervalo  a canadense Lawrence empatou, em cobrança de pênalti, e já nos acréscimos a meio-campista Ana Vitória selou a vitória das brasileiras no último compromisso da temporada de 2022. 

Na partida de desta terça-feira (15), a técnica fez três mudanças em relação ao time que jogou na última sexta (11). Começaram jogando a zagueira Kathellen (no lugar de Lauren), a lateral-direita Bruninha (Fê Palermo) e a atacante Geyse (Ludmila).

O primeiro tempo começou nervoso para o Brasil, com chegadas perigosas do ataque canadense, mas a partir dos 30 a seleção tomou conta da partida até abrir o palcar aos 40 minutos, com Kerolin roubando a bola no meio campo. A camisa 10 disparou com a bola, se desvencilhar da marcação e esperou o momento para dar de presente para Bia Zaneratto desferir um chute cruzado fulminante de esquerda. 

Na volta do intervalo, a seleção voltou com o mesmo ritimo ofensivo. Mas aos 15 minutos, na tentativa de bloquear o ataque de Lawrence, camisa 10 do Canadá, Geyse subiu e a bola acabou batendo no seu braço. A arbitragem anotou o pênalti, que a própria Lawrence converteu. Tudo igual no estádio do Corinthians.

O empate não esmoreceu a equipe brasileira. Aos 46 minutos, após escanteio, Gabi Nunes arriscou de cabeça, a goleira Yekka impediu o gol em cima da linha, mas não adiantou: a bola sobrou para Ana Vitória empurrar para o fundo da rede, garantindo o triunfo brasileiro.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por