MENU
BUSCAR
DISPUTA

Mogi Basquete se despede do NBB 20/21

Após derrota para o Flamengo nesta sexta-feira, equipe mogiana encerra temporada no campeonato

O DiárioPublicado em 01/05/2021 às 08:36Atualizado há 12 dias
Foto: divulgação /Mariana Sá / LNB

O Mogi das Cruzes Basquete perdeu para o Flamengo por 77 a 67 na noite desta sexta-feira (30), no Ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. Com a derrota, o rubro-negro fecha a série em 2 a 0 e avança para as semifinais. Já a equipe mogiana se despede da temporada 2020/2021 do NBB (Novo Basquete Brasil).

O Mogi Basquete teve uma postura muito aguerrida contra o time que é o atual campeão das Américas, que venceu os três primeiros quartos com pequenas vantagens, diferente do primeiro jogo: 28 a 22 (1º), 20 a 14 (2º) e 19 a 12 (3º). Os mogianos reagiram no último período (19 a 10), mas não foi o suficiente para levar a série para o Jogo 3.

“Eu gostaria de agradecer a todos os jogadores, ao Nilo [Guimarães - gestor da equipe], à toda a comissão técnica e à torcida. Desde o início da temporada passamos por dificuldades, mas honramos a linda história de Mogi das Cruzes dentro das quadras. O Fúlvio foi valente, fora dos limites dele, representando muito bem os jogadores este ano. Tivemos um super time nesse último jogo. O espirito do Coleman foi excelente. Jogando com o nariz quebrado e com o pé inchado. Isso traduz a nossa temporada. Estar no G8, para mim, foi um motivo de orgulho, aprendizado e espero ter contribuído com toda a minha experiência nesse ano tão atípico. Agora, vamos aguardar a finalização da temporada e esperar para que possamos ter uma equipe competitiva para premiar o sacrifício de 11 anos de luta do Mogi Basquete”, ressalta o técnico Guerrinha.

O destaque mogiano da partida foi o ala-pivô Wesley Castro, o mais eficiente (27), um dos cestinhas junto com o pivô Rafael Hettsheimer, do Flamengo, com 17 pontos. Também se destacaram os alas Dominique Coleman, que era dúvida para a partida após um sofrer uma entorse no tornozelo direito, com 13 pontos, e Wesley Mogi, com 11 pontos, e o ala-pivô Douglas Santos, com 13 pontos.

O grupo não contou com o armador Fúlvio Chiantia, que chegou a fazer o aquecimento com a equipe, mas foi poupado por conta de um desconforto muscular na coxa direita.

ÚLTIMAS DE Esportes