Entrar
Perfil
MOTIVO DE ORGULHO

Maciel Santos, de Mogi, e Evelyn Oliveira, de Suzano, estão no Mundial de Bocha Paralímpica

Dupla está inclusa nos 11 nomes que foram oficialmente convodados na última sexta-feira (19) para o o evento que será realizado de de 5 a 13 de dezembro, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro

O Diário
19/11/2022 às 14:59.
Atualizado em 19/11/2022 às 14:59

Campeões: Maciel Santos e Evelyn Oliveira (Arquivo O Diário / Fabio Chey-CPB)

Olá, quer continuar navegando no site de forma ilimitada?

E ainda ter acesso ao jornal digital flip e contar com outros benefícios, como o Clube Diário?

Já é assinante O Diário Exclusivo?
MOTIVO DE ORGULHO

Maciel Santos, de Mogi, e Evelyn Oliveira, de Suzano, estão no Mundial de Bocha Paralímpica

Dupla está inclusa nos 11 nomes que foram oficialmente convodados na última sexta-feira (19) para o o evento que será realizado de de 5 a 13 de dezembro, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro

O Diário
19/11/2022 às 14:59.
Atualizado em 19/11/2022 às 14:59

Campeões: Maciel Santos e Evelyn Oliveira (Arquivo O Diário / Fabio Chey-CPB)

Maciel Santos, de Mogi das Cruzes, e Evelyn Oliveira, de Suzano, vão participar do Mundial de Bocha Paralímpica. A dupla está inclusa nos 11 nomes que foram oficialmente convodados na última sexta-feira (19) para o o evento que será realizado de de 5 a 13 de dezembro, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, com entrada gratuita, participação de 170 atletas de 41 países e transmissão ao vivo pelo Youtube da ANDE.

O anúncio foi feito em live, pelo Facebook do Comitê Paralímpico Brasileiro, com o Presidente da Associação Nacional de Desportos para Deficientes (Ande), Artur Cruz, e o Diretor Técnico, Leonardo Baideck.

Entre os atletas participantes, além de Maciel e Evelyn há também outros multimedalhistas, como Eliseu dos Santos, e ainda jovens promessas da modalidade, como Andreza Vitória e Iuri Tauan. 

 Destaques da seleção brasileira

O mais experiente do grupo de onze grandes nomes é o cearense, radicado em Mogi das Cruzes (SP), Maciel dos Santos (37). Esta é a sétima participação em campeonatos mundiais do campeão paralímpico da classe BC2 nos Jogos Londres 2012, "a experiência é um ponto a favor, ainda que pequena por já conhecer toda a estrutura e formato do torneio, que é muito maior, mais difícil e longo do que as Paralimpíadas. Também ter vivido a Rio 2016 me ajuda muito a administrar a cobrança e a responsabilidade de jogar em casa com a pressão da torcida. Isso não me assusta", afirma o atleta número um do mundo na classe BC2. Clique aqui para ler mais sobre ele.

Na outra ponta, entre outros nomes da seleção brasileira com apenas 21 anos, está Andreza Vitória. A jovem pernambucana, que lidera o ranking feminino mundial na classe BC2, tem uma carreira longa em torneios internacionais, mas em mundiais será a primeira vez. Além da disputa no individual, Andreza também estará na Equipe BC1/BC2 ao lado do potiguar Iuri Tauan, também com 21, e do Maciel, que só de carreira tem mais de 25 anos de estrada.

"Com os  jogos se aproximando, a nossa equipe vem se mantendo cada vez mais unida e bastante determinada para juntos podermos trazer a nossa tão sonhada medalha", afirma uma dos quatro atletas descobertos nas Paralimpíadas Escolares.

 De olho no futuro

Essa mescla entre atletas mais experientes e mais jovens é uma marca da atual Diretoria Técnica da ANDE, que entende a importância de não viver apenas o momento presente da modalidade, mas já antecipar o futuro. "Qualquer projeto de alto rendimento, o mais bem sucedido que ele seja, ele tem que ter um olhar voltado para a renovação. Por isso, a gente já está trabalhando pensando em Los Angeles (2028), sim, e mais para frente em Brisbane (2032). Não é porque você tem o primeiro do ranking mundial, que você tem medalhistas de ouro que você vai esperar o resultado ficar ruim para iniciar o processo de renovação", avalia Leonardo Baideck, Diretor Técnico da ANDE. 

A prova deste trabalho de renovação é o fato de que os atletas convocados revelados nas Paralimpíadas Escolares não necessariamente conquistaram pódios nesta competição, mas foram analisados minuciosamente pela equipe técnica da ANDE. Além de Andreza Vitória, completando essa lista: Iuri Tauan, Letícia Karoline e Mateus Carvalho.

 Os onze convocados

A lista completa com os onze nomes é formada por Andreza Vitória Ferreira de Oliveira, Leticia Karoline dos Santos e José Carlos Chagas de Oliveira (BC1), Iuri Tauan Saraiva da Silva e Maciel de Sousa Santos (BC2), Antonio Leme, Evani Soares da Silva Calado, Evelyn Vieira de Oliveira e Mateus Rodrigues Carvalho (BC3) e Eliseu dos Santos e Josiane Batista da Silva (BC4). Acesse aqui o perfil completo de todos os atletas convocados.

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por