Faleceu nesta terça-feira (6), aos 44 anos, o ex-pugilista e treinador mogiano Jackson Durães, por complicações do novo coronavírus, segundo informado por familiares. Campeão em torneios regionais e internacionais, ele era referência do boxe no Alto Tietê e deixa a esposa, Elisângela Durães, também boxeadora, e os filhos Jaqueline, Laion e Kelvin.

Sua história sempre foi marcada por superações; começou como ajudante de pedreiro, e depois construiu a vida no boxe, onde ao longo dos anos conquistou carreira sólida. Jackson também teve passagem pela Seleção Brasileira: integrou como reserva a equipe do Brasil na disputa do Pan-Americano de 2007, disputada no Rio de Janeiro (RJ).

O eterno atleta estava internado em um hospital da cidade e intubado desde a última quinta-feira, dia 31.

Pouco após a confirmação da morte, familaires, amigos e admiradores usaram as redes sociais para prestar homenagens ao ex-puglista. 

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (PODE) se solidarizou com a família de Jackson, e falou sobre o sonho do ex-pugilista em colaborar com a construção de um centro de treinamento de lutas na cidade.

"Há pouco mais de dois meses o atleta Jackson Durães esteve em meu gabinete para falarmos sobre o esporte da nossa cidade. Sonhamos juntos em ter um centro de treinamento de lutas em Mogi. Nos últimos dias temos acompanhado as notícias sobre sua luta contra contra a Covid-19. Hoje, infelizmente, nosso boxeador mogiano nos deixou. Meus sentimentos aos familiares e amigos desse gigante. Meu compromisso está de pé. Teremos um centro de treinamento e se chamará Jackson Durães", disse o prefeito nas redes sociais.

"O ex-pugilista e treinador Jackson Durães morreu nesta terça (6) de Covid-19, aos 44 anos. Ele representou Mogi das Cruzes, foi campeão em torneios regionais e internacionais e também fez parte da seleção brasileira que disputou o Pan-Americano de 2007, no Rio de Janeiro. Nossos sentimentos ao familiares e amigos! Descanse em paz, campeão!", divulgou nota do time Mogi das Cruzes Basquete nesta tarde.