O Mogi das Cruzes Basquete tem três jogos decisivos pela frente na sequência do Novo Basquete Brasil (NBB). Após um período difícil e de desfalques, a equipe está hoje em alta no campeonato que reúne os melhores do país: neste segundo turno saltou da oitava para a atual sexta colocação. Com 11 vitórias em 20 jogos (55% de aproveitamento), o foco dos próximos dias, segundo o técnico Guerrinha, está no “crescimento da equipe”. 

Após vitória no último sábado, diante de Franca, o  Mogi volta a jogar na próxima quarta-feira (24), às 20 horas, contra o Cerrado. Segundo Guerrinha, o time iniciou a semana de treinamentos “trabalhando intensamente a parte física e tática”. A partida, que será no ‘Hugão’, terá transmissão de vídeo ao vivo pela plataforma de streaming DAZN. 

No primeiro turno, os times se enfrentaram no dia 23 de novembro, também no Hugão, com vitória mogiana por 81 a 75. O Cerrado está na 12ª posição, com sete triunfos em 21 jogos.

“Voltamos para casa e jogamos três jogos em Mogi. São três jogos decisivos, contra Cerrado, Fortaleza e Unifacisa. Para nós, serão dois, três dias para dar uma descansada dessa sequência, e depois vamos trabalhar e voltar para jogar forte. O time está mesclando bem a parte física, a parte tática, e está em uma evolução constante”, destacou Guerrinha, depois da vitória sobre o Franca.

A equipe mogiana ganhou folga de três dias e voltou aos trabalhos nesta quarta-feira (17), com testes para Covid-19 e um treino técnico/tático no Hugão.

Além dos brasilienses, os mogianos ainda enfrentarão Fortaleza, na sexta-feira (26), às 20h, e Unifacisa, no domingo (28), às 16h. 

“O foco é o crescimento da equipe. Teremos uma semana para trabalhar intensamente para essas três partidas decisivas em casa. Esse período, para nós, está sendo ótimo para voltarmos a jogar forte”, ressalta o técnico Guerrinha.

 

Mogi é sede!

Uma novidade boa para a cidade é que mais uma vez na temporada, o Ginásio Hugo Ramos, o conhecido “Hugão”, será sede de jogos do NBB - a competição mais importante do basquete brasileiro.

Agora estão previstas 13 partidas pelo segundo turno. Serão oito equipes em quadra, incluindo a da casa, entre os dias 24 de fevereiro e 6 de março.

No primeiro turno, o ginásio recebeu todos os times em 41 confrontos, sendo a maior sede do NBB. A cidade viveu 22 dias intensos de basquete, entre novembro e dezembro, que ajudaram a movimentar a economia, além de abrir oportunidades de exposição para marcas neste momento de pandemia. Estarão em quadra o Corinthians, Pinheiros, Caxias do Sul, Cerrado Basquete, Fortaleza, Unifacisa, Brasília e o Mogi Basquete.

Além de Mogi Basquete e Cerrado, o duelo de abertura da sede na próxima quarta-feira (24) será entre Unifacisa e Caxias do Sul, às 14h. Depois, Pinheiros e Brasília se enfrentam, às 17h.