MENU
BUSCAR
VAMOS PARA TÓQUIO

Alto Tietê será representado por 18 atletas nas Olimpíadas e Paralimpíadas

Confira os nomes já confirmados para os Jogos de Tóquio

Natan LiraPublicado em 10/07/2021 às 15:33Atualizado há 25 dias
Foto: divulgação
Foto: divulgação

O Alto Tietê terá ao menos dois atletas e 16 paratletas representando o Brasil nos jogos olímpicos de Tóquio, no Japão. A convocação para as Paralimpíadas foi divulgada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro nesta semana. Com isso, a região terá representantes no boxe, handball, vôlei sentado, bocha e goalball. 

Os nomes já confirmados são da pugilista de Mogi das Cruzes, Graziele Jesus, de 30 anos. Ela vai para a primeira olimpíada, após ter tentado vaga no Pré-Olímpico em 2016 na Argentina e para as Olimpíadas do Rio e não conseguir. A mogiana do Jardim Maricá embarca com a experiência de 14 anos na modalidade e também com determinação para representar o Brasil, com o nível dos competidores internacionais, ela treina seis dos sete dias da semana. 

Outro nome que já figura na lista dos convocados é o do morador de Arujá Guilherme Torriani. Apesar de já esperado, o nome dele foi confirmado na última quarta-feira. Nas redes sociais, o atleta agradeceu a todos que o apoiam e disse estar muito feliz de representar a Seleção Brasileira de Handball em um campeonato tão importante. 

Mogi das Cruzes também já esperava o nome de Maciel Santos, paratleta da bocha. Ouro em Londres em 2012, ele também foi às Olimpíadas do Rio em 2016. Agora, além dos desafios impostos pela pandemia, que atrasou em um ano os jogos, ele não terá o apoio de Dirceu Pinto, o ex-atleta da bocha falecido no ano passado que ele diz ter sido uma das suas maiores inspirações, em conversa com este jornal. 

Na mesma modalidade, mas da vizinha cidade Suzano, o Brasil terá como representante Evelyn Oliveira. Com uma história inspiradora de força de vontade, ela entrou em uma escola apenas aos 18 anos, depois conseguiu bolsa na universidade, em que cursou publicidade e propaganda, mas a paixão maior foi com a bocha. Ela vai a Tóquio como favorita na modalidade, porque ostenta a medalha de ouro na Rio 2016. 

Assim como Evelyn, outros atletas do Sesi-Suzano se destacam entre os nomes do Brasil. Só para o vôlei sentado foram convocados Daniel Yoshizawa, Fabrício Pinto, Leandro da Silva, Renato Leite e Wellington Platini, além do técnico do Célio Mediato, que também foi chamado para comandar o time. Na mesma modalidade, mas para o time feminino, a instituição terá quatro atletas: Edwarda Oliveira, Gizele Costa Dias, Laiana Rodrigues, Nathalie Filomena e Ana Luísa Soares. Com exceção de Ana, que vai à disputa pela primeira vez, as demais levaram o bronze nas Paralimpíadas do Rio 2016. 

A unidade do Sesi de Mogi também enviará paratlelas para o goalball. Ana Gabriely Brito e Moniza Lima no time feminino e Alex Labrador e Parazinho no masculino. A dupla conquistou bronze no Rio. 

As Olimpíadas de Tóquio começam em 23 de julho e as Paralimpíadas em 24 de agosto.

ÚLTIMAS DE Esportes