O estudante Mateus Adalto de Souza, de 23 anos, foi preso em flagrante e apresentado ao 1° Distrito Policial de Mogi das Cruzes, no Parque Monte Líbano, acusado de boca de urna nas eleições municipais deste domingo (15). O crime teria ocorrido às 12 horas, na rua Desidério Jorge, nos arredores da Escola Estadual Vereador Narciso Yague Guimarães, na Vila Natal, em Mogi. As informações são do boletim de ocorrência registrado no 1° DP.

O estudante foi pego com 175 panfletos do tipo “santinho” do candidato a vereador Iduigues Martins (PT), os quais foram apreendidos, de acordo com as informações do boletim. 

Para a redação, o vereador Iduigues afirmou que não tem conhecimento sobre a ocorrência e reforçou que "não autorizou ninguém. Nunca fiz e não faço boca de urna", defendeu ele. 

O caso foi reportado por um juiz de direito que, ao chegar para uma vistoria na escola, avistou diversas pessoas procedendo a distribuição de material eleitoral de ambos os lados da rua.

De acordo com o boletim, estas pessoas conseguiram fugir após a aproximação das viaturas, com exceção de Mateus, que foi pego com santinhos idênticos aos encontrados nas proximidades da escola.