Os candidatos a prefeito de Mogi das Cruzes encerram suas campanhas neste sábado com uma série de atividades em busca de votos. Eles fizeram caminhadas pelo Centro, circularam com carros de som por todas as partes da cidade, promoveram comícios e eventos.

O objetivo é aproveitar até último momento para conseguir a cadeira de chefe do Executivo de Mogi nos próximos quatro anos. Eles dizem que estão confiantes e muitos apostam na realização do segundo turno no município.

O espaço mais concorrido nesta reta final foi o Largo do Rosário, local muito movimentado, palco já tradicional para os eventos políticos da cidade. Vários prefeituráveis circularam naquela região, disputando espaço com os candidatos a vereador na cidade.

 

Caio Cunha (PODE)

Caio Cunha (PODE) circulou pela cidade com carro de som, fez carreata, manteve equipes nos cruzamentos de semáforos, conversou com apoiadores, circulou por todos os cantos. Segundo ele, a campanha nas ruas “foi incrível” e teve muita receptividade por parte das pessoas.

“A campanha nas ruas foi incrível. Sentimos a receptividade das pessoas, um apoio gigantesco, que só nos fortaleceu mais nessa caminhada”, reforça o candidato. A equipe está otimista e aposta na vitória ou mesmo que Cunha consiga levar a disputa para o segundo turno das eleições.

Fred Costa (PDT)

O representante do PDT, Fred Costa, após visitas feitas em diversos bairros da cidade nos últimos dias, priorizou o Centro da cidade nesta reta final da campanha. Porém, não se pronunciou para falar sobre as suas expectativas e nem para fazer um balanço geral. Também não enviou foto das movimentações do dia a O Diário.

Felipe Lintz (PRTB)

No último dia de campanha, Felipe Lintz (PRTB) se reuniu com moradores de bairros como Jardim Planalto e Mirage. Circulou pela cidade manteve a postura de oposição ao prefeito e candidato à reeleição, Marcus Melo (PSDB), tanto que conseguiu respaldo da Justiça Eleitoral para retirar faixas do concorrente que estavam estendidas e presas ao corpo de duas pessoas, na entrada da passagem subterrânea da Olegário Paiva, tampando a placa com o nome do túnel ali instalado.

“Nosso trabalho foi muito intenso, trabalhamos com uma equipe pequena, duas ou três pessoas. Os amigos nos ajudaram a entregar material. Fizemos um trabalho limpo, honesto, sem usar nada de dinheiro eleitoral, dinheiro público. Tudo com recursos próprios. Foi a campanha mais barata da cidade. Com fé, teremos o segundo turno na cidade, isso se eu não ganhar no primeiro”, destaca Lintz.

 

undefinedLeia mais sobre o valor gasto na campanha de cada um dos candidatos.

 

Marcus Melo (PSDB)

O prefeito Marcus Melo promoveu um evento na Avenida Cívica para encerrar a campanha. Antes, caminhou na região da Vila Hélio, no Centro. E também fez carreata.  Ele disse que este ano a campanha foi um pouco diferente das anteriores por conta da pandemia.

“Utilizamos muito as plataformas digitais, onde chegamos a reunir quase mil pessoas simultaneamente. Também fomos para as ruas, mas tomando todas as precauções necessárias. Apresentamos tudo aquilo que fizemos nestes quatro anos de mandato e o que vamos fazer no próximo governo. Fizemos uma campanha limpa, com ideias e propostas. Para cada ataque recebido ou fake news postada nas redes, respondermos com projetos, com trabalho. As pesquisas mostram que os mogianos reconhecem o que fizemos e acreditam em nossas propostas”, avalia Melo.

Michael Della Torre (PTC)

O último dia de campanha do candidato Michael Della Torre foi concentrada no Largo do Rosário, para fazer panfletagem e conversar com eleitores. O líder do PTC, estreante na política, reforça suas expectativas otimistas. Ele disse que “está muito confiante” com os resultados das eleições deste domingo, e alega que fez “campanha limpa, sem recursos, mas com uma aceitação muito grande” por todos os bairros em que passou.

Miguel Bombeiro (PROS)

O prefeiturável do PROS, Miguel Bombeiro, é um dos mais otimistas. Ele reforçou o trabalho de panfletagem no centro e circulou por bairros no último dia permitido para propaganda . “A campanha foi um sucesso mesmo com poucos recursos e nossa aceitação foi 100% não temos rejeição e somos amado pela grande maioria da população de Mogi das Cruzes”.

A expectativa dele é de segundo turno: “Todos querem Miguel Bombeiro prefeito. Somos a melhor opção de renovação”, afirma.

Rodrigo Valverde (PT)

Outro que está esperançoso é Rodrigo Valverde, candidato do PT, que fez o encerramento de sua campanha com um comício no Largo do Rosário, na manhã deste sábado. “Fizemos uma campanha maravilhosa, impressionante o carinho da população, a esperança, a motivação. Fizemos carreta de César até Jundiapeba e por todos os lados recebemos o carinho e o apoio da população”.