MENU
BUSCAR
Mercado

Retomada do setor automotivo deve levar meses, afirma Anfavea

Veja mais: crédito do Desenvolve SP e empresa em Mogi lançando produto para o mundo

O DiárioPublicado em 15/04/2021 às 10:25Atualizado há 28 dias
Reprodução

Em 2021, o setor automotivo continua enfrentando um momento difícil no Brasil em decorrência da pandemia e de seus efeitos. São 10 fábricas fechadas temporariamente em função das maiores restrições, falta de peças, queda nas vendas, entre outros fatores.

Segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), desde 2010, o ano em que houve a maior quantidade de veículos foi 2012, com 3.802.000 unidades emplacadas, considerando automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões no país.

De Mogi para o mundo

Com Pouco mais de 15 anos atuando na América do Sul, principalmente nos mercados do Brasil, Uruguai e Chile, a Ponsse, líder mundial na fabricação de equipamentos florestais, lançará no próximo dia 5 de maio seu primeiro produto desenhado e fabricado, especialmente, para colheita de eucalipto.

Até então os produtos eram desenvolvidos para vários tipos de madeira e adaptados de acordo com a necessidade de cada mercado. Agora em função do rápido crescimento do mercado e o protagonismo do Brasil na fabricação de celulose através do Eucalipto que predominantemente é plantado em regiões húmidas e quentes, a empresa decidiu investir pesado no desenvolvimento de um produto específico para este mercado. Por trás de tudo isso fica claro a confiança que a Marca deposita no mercado sul-americano que com certeza continuará em uma rota de pleno crescimento.

Novo crédito do Desenvolve SP

Mais de mil empresários já solicitaram o crédito disponibilizado pelo Desenvolve SP a partir desta segunda feira. As solicitações, contabilizadas durante o dia são, em maioria, do setor de comércio, com mais de um quarto do total de pedidos. Em seguida, restaurante, bares, lanchonetes e similares somaram outras 237 solicitações. Na sequência estão academias, agência de viagem e salões de beleza.

O banco disponibilizou mais de R$ 50 milhões para capital de giro na segunda linha de crédito emergencial com recursos próprios aberta em 2021. Microempresários podem fazer a solicitação de forma 100% online no site.

ÚLTIMAS DE Rápidas do mercado