AUTOMOBILISMO

Depois de nove anos, GP da Turquia está de volta à Fórmula 1

A Formula One Management – empresa responsável pela organização da Fórmula 1 – anunciou hoje (25) as quatro corridas que fecham a temporada 2020 com uma novidade. Os organizadores incluíram o Grande Prêmio (GP) da Turquia no calendário. O país não recebia uma prova da F1 desde 2011.

Em nota oficial, a F1 também confirmou o encerramento da temporada em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), como previsto inicialmente, e a realização de duas provas no Bahrein. Já o GP da China, marcado, a princípio, para abril e adiado no primeiro semestre, foi cancelado. Todo o cronograma do Mundial foi revisado, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O replanejamento da temporada 2020 do Circuito Mundial, em decorrência da pandemia, já havia incluído novidades, como o retorno dos GPs de Ímola (Itália) e Nürburgring (Alemanha), países que não recebiam provas desde 2006 e 2013, respectivamente. Também foram inseridas no calendário deste ano os GPs estreantes de Portimão (Portugal) e Mugello (Itália).

Com estas quatro provas adicionadas ao calendário, o campeonato mundial deste ano terá 17 provas no total. Até hoje (25) seis delas já foram disputadas. Na previsão inicial, antes da pandemia, os organizadores pretendiam realizar 22 provas.


Deixe seu comentário