MENU
BUSCAR
ATRAÇÃO GRATUITA

Sarau Afrodita leva arte preta e indígena ao Sesc Mogi nesta sexta-feira

Participam do evento, com pensamentos críticos, canções e performances autorais a poeta Jô Freitas, a atriz e cantora Pamela Carmo e o compositor e multiartista Felipe Sadrak

Heitor HerrusoPublicado em 10/01/2022 às 17:11Atualizado há 14 dias
Divulgação
Divulgação

Em um mês com extensa programação cultural, com grande foco em música e também em atrações esportivas, um evento para disseminar a arte preta e indígena se destaca no Sesc Mogi. Esse é o Sarau Afrodita, que terá a terceira edição realizada nesta sexta-feira (14), às 20 horas. A entrada é gratuita, e as atividades acontecerão no gramado, ao ar livre, com distanciamento social.

Participam da agenda a poeta Jô Freitas, a atriz e cantora Pamela Carmo e o compositor e multiartista Felipe Sadrak. Estes nomes vão ocupar a unidade provisória do Sesc com pensamentos críticos, canções e performances autorais.

A O Diário, quem detalha o evento é Aline Piovan, também poeta e aqui organizadora e “relações públicas”. “A primeira edição aconteceu no Festival Cultura em Casa, pela Secretaria de Cultura e Turismo de Mogi. A segunda aconteceu na 1ª Festa Literária de Mogi (Flimc), e a terceira será agora, sempre com o propósito de disseminar a arte, criar comunicação afetiva e prosas férteis”.

LEIA MAIS: Sesc Mogi inclui artistas locais na agenda de atividades culturais

 Quem é quem

Jo Freitas é atriz, poeta e escritora. Nordestina adotada por São Paulo há 27 anos, realizou alguns projetos literários fora do Brasil. Em 2017 desenvolveu seu trabalho no Peru, chamado “Mulheres em Travessia” composição de poesia e áudio visual através das histórias das mulheres, em novembro de 2018 lançou seu livreto “Flores” e em 2019 viajou para Moçambique e África do Sul no festival de poesia “Poetas D`alma.

Pâmela Carmo é atriz, arte educadora, cantora, fazedora de bonecas abayomis, e produtora cultural Mogiana. Atua no grupo Os Contadores de Mentira e desenvolve cursos e vivências teatrais com foco nas Pretagogias, buscando as artes da cena nas brasilidades e culturas negras tradicionais.

Felipe Sadrak é multiartista mogiano. Artista visual, maquiador, cantor e compositor, parte da música para expressar narrativas de orgulho e protesto como um homem preto e gay.

 Serviço

Sarau Afrodita

Quando? Sexta-feira, dia 14, às 20 horas

Onde? Sesc Mogi – Rua Rogerio Tacola, 118 - Socorro, Mogi das Cruzes

Quanto? Gratuito. Não é necessário agendar ou retirar ingressos. Não recomendado para menores de 12 anos

 Show gratuito

Além desta, outra atividade do Sesc Mogi envolve um mogiano nesta semana. Na quinta-feira (13), o cantor Brenô fará um show no endereço. Clique aqui e saiba mais.

ÚLTIMAS DE Cultura