MENU
BUSCAR
RETORNO

Projeto 'Pequenos Músicos' voltará com aulas remotas no próximo dia 19

Após o recesso escolar, aulas de musicalização serão aplicadas aos alunos do ensino municipal de Mogi à distância

Heitor HerrusoPublicado em 02/07/2021 às 18:32Atualizado há 23 dias
Divulgação - Sinfônica Mogi
Divulgação - Sinfônica Mogi

Renovado desde maio, o projeto 'Pequenos Músicos... Primeiros Acordes na Escola' já tem data para retornar de maneira remota, à distância, com as aulas de musicalização nas escolas municipais de Mogi das Cruzes: 19 de julho, uma segunda-feira, logo após o fim do recesso escolar. O valor do contrato foi reduzido consideravelmente.

A data é divulgada com exclusividade a O Diário pela organização da Sinfônica Mogi, que havia detalhado, na última semana, conversas com a administração municipal para decidir a reabertura das matrículas e rematrículas para alunos interessados em participar da formação de bandas.

Embora a etapa de inscrições ainda não tenha sido formatada e/ou tenha um dia certo para começar, o supervisor do projeto, Sérgio Tavares da Silva, mostra que o diálogo com o Departamento Pedagógico (Deped) da Secretaria Municipal de Educação continua, e apresenta novas definições.

"Nessa semana tivemos duas reuniões com o Deped e as diretoras das escolas onde o projeto atua para apresentação da proposta do formato pedagógico e operacional do retorno as atividades do projeto junto aos alunos", diz ele.

Sérgio continua, dizendo que "nessa proposta estão contemplados todos os procedimentos para um retorno seguro e dentro dos protocolos exigidos". É importante frisar esta parte de proteção contra a Covid-19, já que ao assumir a gestão da cidade, a equipe de Caio Cunha (PODE) entendeu que o projeto precisava passar por uma readequação, considerando o atual cenário de pandemia, e essa atualização demorou a acontecer. Clique aqui para relembrar a polêmica.

Ainda de acordo com o supervisor do 'Pequenos Músicos', a Sinfônica Mogi aguarda agora "as considerações finais do Deped" para iniciar "o planejamento e a preparação e das atividades" em conjunto com a Secretaria de Educação e os gestores das escolas para retorno das aulas logo após o recesso escolar, que está programado para entre os dias 7 e 16 de julho.

Definições

Uma nova reunião deve acontecer "na próxima semana" para "alinhar todos detalhes" do retorno. Enquanto isso, Sérgio lembra que no início deste mês serão realizadas "algumas formações dos colaboradores e alunos através de master class e/ou palestras" e que a Sinfônica Mogi pediu à prefeitura "a vacinação dos profissionais que trabalham diretamente com os alunos e outros funcionários das escolas".

O contrato

A assinatura do contrato entre a Associação Sinfônica Mogi e a prefeitura efetivamente aconteceu no último dia 26 de maio, como contou à reportagem o maestro e diretor artístico da entidade, Lelis Gerson. A parceria vale até o próximo mês de novembro. Enquanto na gestão de Marcus Melo o acordo era fixado em pouco mais de R$ 4,5 milhões anuais, a renovação foi fixada em exatos R$ 2.374.451,48. Leia mais.

ÚLTIMAS DE Cultura