Entrar
Perfil
DESAFIOS

Mateus Sartori assume Secretaria para elevar Guararema a estância turística

Ex-secretário de Cultura de Mogi, ele assume a pasta de Cultura e Turismo de Guararema, e já monta equipe com muitos planos para beneficiar a cidade

Darwin Valente
07/03/2022 às 17:59.
Atualizado em 07/03/2022 às 18:08

Mateus Sartori e o prefeito de Guararema, Zé (Foto: divulgação / Vitoria Mikaeli)

O músico e arquiteto Mateus Sartori assumiu, nesta segunda-feira (7) o cargo de secretário municipal de Cultura e Turismo da Prefeitura de Guararema, aceitando o convite que lhe foi feito pelo prefeito José Luiz Eroles Freire (PL). Sartori foi secretário da Cultura de Mogi durante as administrações dos prefeitos Marco Bertaiolli (PSD) e Marcus Melo (PSDB).

Em uma nota postada em uma rede social, onde aparece numa foto ao lado do prefeito Zé, o músico diz que está iniciando “uma nova fase” em sua carreira e pede licença a todos os profissionais que passaram pela Secretaria de Cultura de Guararema, como secretários, diretores, assessores, equipe técnica e outros que dedicaram parte de suas vidas, que sonharam e executaram projetos relevantes para o município.

“A eles (as) todo o meu respeito e gratidão”, completa.
Em seu comunicado, Sartori  ainda garante aos 30 mil guararemenses que eles irão ver “uma equipe altamente qualificada, proativa, acessível e dedicada a entregar o melhor para cada cidadão e cidadã”.

Desafios

Mal tomo posse no cargo, com carta branca do prefeito para montagem de sua equipe, Mateus Sartori já passou a contar com dois diretores que serão decisivos para o sucesso de seu trabalho naquela cidade: o cineasta Claudio Ferraraz, que assumirá a Diretoria de Cultura, e Elizangela Benitez, diretora de Turismo, com larga experiência pelo trabalho já realizado por ela na cidade.

“Nosso desafio maior será conseguir trabalhar tanto a Cultura quanto o Turismo, pensando sempre na cidade”, disse Sartori, na tarde desta segunda-feira (7) a O Diário.

Entre os desafios que terá pela frente um deles  será a redução do impacto que certos eventos trazem à vida dos cidadãos de Guararema, como a iluminação especial da cidade durante o Natal.

“São eventos importantes que geram emprego e renda para a cidade, ajudam o comércio, mas também causam transtornos à vida do morador de Guararema. E isso nós iremos tentar reduzir num trabalho conjunto com outros setores da Prefeitura, num trabalho de médio e longo prazos”, disse

Mas o principal projeto já definido por Sartori, com o devido aval e apoio do prefeito José Luiz Eroles, será elevar Guararema da condição de Município de Interesse Turístico (MIT) para Estância Turística. Material não lhe falta, mas esse desafio envolve novos critérios, equipamentos e equipe técnica especialmente formada e credenciada para dar esse passo gigantesco para o município.

Explica-se: hoje na 27ª posição como MIT, Guararema recebe cerca de R$ 600 mil/ ano para continuar investindo no turismo. A meta é chegar, pelo menos, à 3ª posição como MIT para que a cidade possa pleitear sua transformação em Estância Turística de Guararema, o que elevará esta verba para cerca de R$ 2 milhões/ano, possibilitando investimentos mais pesados  no turismo da cidade.

Sartori, que além de formado em Turismo é também arquiteto, compreende bem os meandros  do processo, mas pretende envolver nele os dois deputados da cidade para tentar apressar o processo em benefício da cidade.


Em Mogi

Após participar como secretário das administrações de Bertaiolli  e Marcus Melo, tudo indicava que Mateus Sartori seria convidado para participar do governo de seu antigo companheiro de escola, o prefeito Caio Cunha (PODE). Isso não aconteceu e Caio acabou escolhendo Kelen Chacon, historiadora e pedagoga, especialista em formação de profissionais de Educação pela UMC.

Na recente reforma administrativa promovida pelo prefeito mogiano, o nome de Sartori voltou a ser lembrado, como parte de uma estratégia que levaria Kelen Chacon para o lugar de André Stábile, na Educação, ficando a vaga da Secretaria da Cultura para o retorno do ex-secretário.

Nada teria dado certo e Caio acabou escolhendo uma educadora, Patrícia Helen, permanecendo Kelen Chacon no comando da Cultura.
A negociação de Mateus com a Prefeitura de Guararema não foi tão demorada. Contratado para dar uma consultoria na área de arquitetura para o município, ele acabou se envolvendo com as pessoas e com as coisas da cidade. E o convite acabou vindo naturalmente. Agora, ele promete trabalho. Muito trabalho para conseguir realizar todos os seus planos .

Conteúdo de marcaVantagens de ser um assinanteVeicule sua marca conosco
O Diário de Mogi© Copyright 2022É proibida a reprodução do conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por